Marido desabafa após corte de Camila Brait das Olimpíadas: “Abrimos mão de ter um filho”

O corte da líbero Camila Brait da seleção brasileira feminina de vôlei que vai disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foi motivo de um desabafo do marido da jogadora no Instagram. Após o anúncio oficial, feito pelo técnico José Roberto Guimarães, o companheiro de Camila postou uma foto dela em sua rede social e protestou, citando que o casal abriu mão de ter um filho em nome da vaga no time olímpico.

LEIA MAIS
JAQUELINE DESABAFA APÓS CORTE DE MURILO DO RIO 2016: “DIFÍCIL ACEITAR QUE VOCÊ NÃO ESTARÁ COMIGO”

“Eu mais do que ninguém presenciei a sua dedicação e tudo que abdicou pra estar aí. Abrimos mão do nosso primeiro filho. Não houve um único dia em 8 anos que você deixou de treinar e se doar para seu país”, escreveu Caio Conca, que pediu à mulher que use a situação como uma lição para reavaliar o papel do vôlei em sua vida.

“Continue fazendo sua parte, como sempre fez, mas não espere justiça ou reconhecimento. Faça sempre por você e por sua família. Peço apenas que não se sinta menosprezada. Pra comissão você pode não ter sido suficiente, mas pra mim, sua família, seus amigos e o Brasil todo você com certeza é a melhor”, escreveu.

Camila Brait era considerada há muitos anos como a sucessora natural de Fabi como líbero da seleção. Após a conquista do bicampeonato olímpico em Londres-2012, a então titular abandonou sua carreira no time nacional e passou a se dedicar apenas ao clube, abrindo o espaço que há tanto tempo era especulado para a jogadora do Vôlei Nestlé/Osasco.

Recentemente, porém, as boas atuações da líbero Léia no Grand Prix acabaram por sacramentar a perda da posição de Camila Brait, que sempre é destaque nas temporadas do time de Osasco na Superliga, mas não se destacou tanto quanto a concorrente na conquista do 11º título do Brasil na competição, há uma semana.

Veja a íntegra da mensagem postada pelo marido de Camila Brait

“Hoje tive a noção do que é ser um pai. Sabe quando você prefere que aconteça com você e não com o seu filho? Paixão, você não merece isso. Qualquer um menos você. Eu mais do que ninguém presenciei a sua dedicação e tudo que abdicou pra estar aí. Abrimos mão do nosso primeiro filho. Não houve um único dia em 8 anos que você deixou de treinar e se doar para seu país. Que isto sirva de lição pra sua vida. Continue fazendo sua parte, como sempre fez, mas não espere justiça ou reconhecimento. Faça sempre por você e por sua família. Peço apenas que não se sinta menosprezada. Pra comissão você pode não ter sido suficiente, mas pra mim, sua família, seus amigos e o Brasil todo você com certeza é a melhor. São muitos anos levando alegria pra todos os amantes do vôlei com seus milagres! E isso não pode parar! Te amo muito e faria o que fosse preciso pra reconhecerem a sua grandeza.”

 

Hoje tive a noção do que é ser um pai. Sabe quando você prefere que aconteça com você e não com o seu filho? Paixão, você não merece isso. Qualquer um menos você. Eu mais do que ninguém presenciei a sua dedicação e tudo que abdicou pra estar aí. Abrimos mão do nosso primeiro filho. Não houve um único dia em 8 anos que você deixou de treinar e se doar para seu país. Que isto sirva de lição pra sua vida. Continue fazendo sua parte, como sempre fez, mas não espere justiça ou reconhecimento. Faça sempre por você e por sua família. Peço apenas que não se sinta menosprezada. Pra comissão você pode não ter sido suficiente, mas pra mim, sua família, seus amigos e o Brasil todo você com certeza é a melhor. São muitos anos levando alegria pra todos os amantes do vôlei com seus milagres! E isso não pode parar! Te amo muito e faria o que fosse preciso pra reconhecerem a sua grandeza. @cbrait

A post shared by Caio Conca (@caioconca) on



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.