Mais reforços nesta janela? Veja o que Cuca falou após empate do Palmeiras

Cuca
Foto: Divulgação/ Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Para o técnico Cuca, o empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Santos foi justo pelo que as duas equipes apresentaram. Entretanto outro assunto que foi bastante comentado na entrevista coletiva, no Allianz Parque, foi os desfalques que o Verdão amargou após o clássico. O zagueiro Yerry Mina e o meia Moisés saíram ainda no primeiro tempo com lesões musculares e preocupam. Por isso, o comandante alviverde voltou a pedir pela chegada de reforços para o elenco.

LEIA TAMBÉM:
Palmeiras 1×1 Santos: assista aos gols do clássico
Moisés admite ter forçado o terceiro cartão amarelo por “mais tempo para recuperar lesão”
Clássico faz Palmeiras bater recorde de público no Allianz Parque desde sua abertura

“Às vezes um tropeço é normal. Quero conversar com presidente (Paulo Nobre), com o (Alexandre) Mattos para antes do fechamento do mercado, avaliar o plantel. Temos que ver o que fizemos de bom, que não são poucas coisas. Desgaste vem, desfalque vem. Se a gente puder dar uma fortalecida antes do fechamento da janela, é bom”, destacou Cuca.

A cobrança de Cuca por novas opções ocorre em uma semana conturbada para o Palmeiras. Para o clássico da última terça, o treinador não pôde contar com Róger Guedes, Gabriel Jesus e Thiago Santos, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Os dois atacantes, principalmente Gabriel, são as principais armas do Verdão no Brasileirão e os reservas não estiveram à altura em campo diante do Peixe.

A queda de rendimento do Palmeiras no segundo tempo foi um ponto para Cuca defender a busca por reforços nas próximas semanas. Ele defende que o elenco alviverde, apesar de vasto, precisa ter peças de reposição com características semelhantes às dos titulares.

“Vamos buscar no nosso elenco as alternativas de velocidade que tínhamos contra o Santos. Era o Erik, e ele jogou. Não tínhamos outra alternativa. A gente usou as armas que tinha. Temos que conversar, esperar, se organizar”, completou o técnico do Palmeiras.

A janela para contratar jogadores que estão no exterior fecha na terça-feira da semana que vem, dia 19. O meia Alejandro Guerra, do Atlético Nacional (COL), e os centroavantes Nico López, do Nacional (URU), e Marco Ruben, do Rosario Central (ARG), foram especulados na Academia, mas as negociações são complicadas.

O Palmeiras perderá Fernando Prass e Gabriel Jesus durante a participação do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Mina é nome certo na lista colombiana, mas a lesão sofrida no clássico põe em xeque sua participação.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.