Jornal alemão acusa jogadores da França de doping na Eurocopa

Eurocopa
Foto: Reprodução/Bild

A Eurocopa acabou neste fim de semana, mas o assunto ainda rende e com polêmicas. Isso porque o jornal Bild, um dos principais diários da Alemanha, acusou os jogadores da França de terem usado um medicamento que favoreceu os atletas e que indicaria doping.

LEIA MAIS
SAIBA COMO FICOU A ARTILHARIA DA EUROCOPA 2016
GRIEZMANN É ELEITO O MELHOR JOGADOR DA EUROCOPA 

Após o jogo entre França e Alemanha, no qual os franceses levaram o melhor, a imprensa teve acesso aos vestiários do estádio Velodrome e jornalistas alemães do jornal registraram alguns produtos dentro de uma caixa e um deles soou suspeito: Gurosan.

De acordo com a publicação alemã, o medicamento não é proibido. No entanto, é um produto de “formulação efervescente contendo reforço de ingredientes e ácido ascórbico (vitamina C) para ajudar o corpo a superar a fadiga de energia”.

Foto: Reprodução/Bild
Foto: Reprodução/Bild

O Professor Fritz Sörgel, especialista em doping, explicou que segundo o código antidoping, qualquer medicamento usado para favorecer seu corpo é considerado doping.

“De acordo com o Código Antidoping da AMA, qualquer esforço para obter vantagens sobre os outros do que através do poder do corpo é considerado doping”, disse. “Guronsan, para mim, é, portanto, o doping! O desempenho pode ser aumentado no esporte com a cafeína. Tem sido provado. Também aumenta as habilidades cognitivas, o que significa que a velocidade de resposta”, concluiu.

Vale lembrar que na semifinal da Eurocopa disputada no último dia 07 de julho, a França levou a melhor sobre a Alemanha por 2 a 0 no Estádio Velodrome.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.