Internacional perde novamente e já faz “campanha de lanterna”

Inter
Crédito da foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

Jogando dentro do seu estádio e com técnico novo, o Internacional não encontrou forças para superar o líder Palmeiras e amargou sua quinta derrota consecutiva, sendo que nas últimas quatro, o ataque colorado passou sem achar o caminho das redes uma única vez.

LEIA MAIS:
PIFFERO DISPARA: “EU JÁ BOTEI TRÊS TAÇAS NO ARMÁRIO, ALGUÉM MAIS NO RIO GRANDE DO SUL BOTOU?”

Somente o Internacional e o América MG, lanterna do campeonato, possuem a sequência de cinco derrotas nestes últimos cinco jogos, o que já faz com que muitos torcedores passem a temer pelo futuro do time não mais pela luta no G4, seleto grupo dos quatro mais bem colocados no campeonato, mas por manter um distanciamento, mínimo que seja, do Z4, zona de rebaixamento onde residem os quatro últimos colocados.

Com a derrota, a distância em pontos do Internacional para o líder Palmeiras subiu para 12 pontos, enquanto que a distância para o grupo de rebaixamento é de apenas dez pontos, uma situação incômoda e que deve piorar com a realização do jogo atrasado, a ser realizado nesta segunda-feira, entre Atlético Mineiro e Coritiba. Caso o Coritiba venha a vencer ou empatar, o primeiro time da zona de rebaixamento passará a ter 16 pontos, deixando o Colorado ainda mais próximo da zona da morte. Por outro lado, caso o Atlético vença a partida, o Inter perde a atual décima colocação para o próprio Atlético, que está em décimo primeiro.

As esperanças dos torcedores colorados estão, neste momento, fortemente focadas na negociação que está sendo feita com o jogador Nico Lopez. No entanto, a demora na liberação desse jogador por parte da Udinese, clube italiano a quem o jogador estava emprestado, pode impedir que ele seja inscrito a tempo de reforçar o grupo colorado, haja vista que a janela de transferência para jogadores estrangeiros se encerra na terça-feira (18).

Opinião

Até o final do dia de amanhã saberemos se o Internacional terá esperado reforço, para encontrar seu rumo e voltar a brigar no grupo de cima, ou se precisará se contentar com o grupo atual, e com alguma mágica que o ídolo Falcão possa tirar da cartola, uma cartola que, por ora, parece estar sem um único coelho dentro.