“Não vai ser este ano que o Inter sai da fila”, afirma Juca Kfouri

Corinthians
Crédito da foto: Reprodução/ESPN

A chegada de Falcão ao comando técnico do Internacional pode ter causado comoção a parte da torcida do Colorado, mas para o jornalista Juca Kfouri, a escolha da diretoria do Inter foi feita mais pela “idolatria” do que pela lógica.

LEIA MAIS:
INTERNACIONAL CONFIRMA MODIFICAÇÕES NA ESTRUTURA DO DEPARTAMENTO DE FUTEBOL
MERCADO DA BOLA 2016: VEJA 14 BONS JOGADORES QUE AINDA ESTÃO LIVRES E SEM CLUBE

Durante a edição desta segunda-feira (17) do programa Linha de Passe, da ESPN Brasil, Juca Kfouri lamentou a chegada de Falcão em um período conturbado do Internacional. Para o jornalista, Falcão merecia chegar a um clube com recursos no começo da temporada. “Ele mais uma vez entra como pronto-socorro, na antítese do técnico anterior [Argel]. Ele é o ‘anti-Argel Fucks’. E foi o cara que o Inter pôs lá, sendo a segunda opção, porque a primeira era Mano Menezes. Realmente é querer demais. Não vai ser este ano que o Inter vai sair da fila em que está desde 1979. Não há hipótese”, afirmou Juca Kfouri.

O Internacional demitiu Argel depois de cinco derrotas e um empate no Brasileirão. Paulo Roberto Falcão foi contratado para o seu lugar, mas o ídolo do Colorado não teve o melhor dos começos em sua terceira passagem pelo Internacional. Neste domingo (17), o Inter recebeu o Palmeiras no Beira-Rio e foi derrotado por 1 a 0.

Em 1993, dois anos após se tornar técnico, Falcão alcançou cinco vitórias, cinco derrotas e quatro empates em 14 jogos do Campeonato Brasileiro. Em 2011, em seu segundo trabalho pelo emblema de Porto Alegre, venceu o Campeonato Gaúcho nos pênaltis contra o Grêmio. No entanto, foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores pelo Peñarol. No Brasileirão desse ano, comandou o Inter em 19 partidas, tendo vencido oito delas, empatado cinco e perdido seis. Foi demitido após 99 dias à frente do clube, depois de uma derrota por 3 a 0 frente ao São Paulo no Beira-Rio.

Crédito da foto: Reprodução / ESPN Brasil