Ídolo do Flamengo revela que ia jogar Copa de 82, mas a carta de convocação sumiu

flamengo
Foto: Reprodução/Twitter - ESPN

Cláudio Adão é um dos maiores nomes do futebol brasileiro e atuou por 29 clubes na carreira. Mas foi no Vasco e no Flamengo que o ex-atacante se destacou tendo mais identidade com o Rubro-Negro, onde inclusive ganhou dois Brasileiros. Porém foi no Cruzmaltino que o jogador teve a oportunidade de disputar uma Copa do Mundo, no entanto uma polêmica o impediu de estar no Mundial.

LEIA MAIS
ALEX RELEMBRA QUANDO JOGADORES DESAFIARAM ZICO E FORAM HUMILHADOS NO FENERBAHÇE
DEIVID RELEMBRA O DIA EM QUE CHAMOU ZICO DE ‘BURRO’ NO FENERBAHCE

Atacante do Vasco da Gama em 82, onde fez parceria com Roberto Dinamite, Cláudio Adão revelou no programa Resenha ESPN o motivo de não ter disputado a Copa do Mundo de 82, na Espanha. O ex-jogador que estava certo para ir à uma seleção considerada uma das maiores de todos os tempos, contou que haviam lhe enviado um comunicado para a disputa do Mundial, no entanto esse aviso não chegou.

“O Careca estava machucado e eu iria pra Copa de 82 no lugar dele. Chegou uma carta no Vasco me convocando, mas ela sumiu e foi o Roberto (Dinamite) no lugar”, contou. “Essa carta era minha convocação”, completou.

Antes, Adão havia dito que sempre esteve nas pré-listas feitas para as disputas de Copa do Mundo, mas que nunca foi chamado e não entende o motivo já que sempre esteve em alto nível.

“Eu sempre tive no ápice (da carreira), mas é a vida. Normal. No momento os treinadores acharam que não tinha que convocar. Na época surgiu até uma polêmica, porque conheci minha mulher, Paula (Barreto – produtora cinematográfica) e os caras acharam que eu queria ser ator, não queria jogar mais bola. Em todos os anos fui artilheiro, campeão… chegava a convocação e eu não estava. Fiquei em todas as Copas entre os 40 (possíveis selecionáveis), mas tranquilo. Isso passa”, contou Cláudio Adão.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.