Mercado da bola: Flamengo confirma o interesse em Diego

Flamengo
Foto: Reprodução/Instagram

Após a chegada do zagueiro Donatti, contratado do Rosario Central, da Argentina, o Flamengo dá mostras de que ainda não fechou o ciclo de contratações para o Campeonato Brasileiro e para a Copa do Brasil. Nesta segunda-feira (11) surgiram informações em sites na Turquia mostrando que o clube da Gávea tinha interesse no meia Diego, que está de saída do Fernerbahçe e pode desembarcar no Rio.

LEIA MAIS:

MERCADO DA BOLA 2016: DIEGO CONSEGUE LIBERAÇÃO DE TIME TURCO E ESPERA PROPOSTAS
MERCADO DA BOLA 2016: CORINTHIANS CONFIRMA CONTRATAÇÃO DE JOIA DO SANTOS
TORCIDA DO FLAMENGUISTA PEDE AJUDA PARA CONTRATAÇÃO DE DIEGO; ENTENDA
MERCADO DA BOLA 2016: CORINTHIANS CONTRATA MAIS UM DESTAQUE DO AUDAX

O interesse foi confirmado pelo diretor-executivo de futebol rubro-negro, Rodrigo Caetano ao “Yahoo Sports“. “Um vice-presidente do Flamengo entrou em contato com o pai do Diego”, admitiu o dirigente. “Mas foi uma consulta”, completou.

De acordo com a publicação, o maior empecilho na negociação do Flamengo e de outros clubes com o meia, de 31 anos é o alto salário que o jogador recebe na Turquia, cerca de R$ 1 milhão. Segundo o Goal.com, o Fenerbahçe já liberou Diego para buscar um novo clube e pede um ressarcimento de cerca de R$ 7 milhões para negociar o ex-santista, mas que está disposto a aceitar um valor menor. Diego tem contrato com o time turco até junho de 2017.

Já o ESPN.com.br explica que o valor de luvas que o jogador e seu pai têm pedido afastou alguns dos clubes brasileiros interessados. Diego quer R$ 5 milhões só para assinar, valor que seria diluído ao longo do contrato.

É bom o Flamengo se apressar se quiser mesmo trazer o ex-meia do Santos, pois a janela de transferências internacionais, como é o caso da negociação de Diego, fecha no próximo dia 19 de julho.

Carreira de Diego

Revelado pelo Santos em 2002, clube no qual foi campeão brasileiro duas vezes (2002 e 2004), o camisa 10 se transferiu dois anos depois para o Porto, de Portugal, mas teve passagens ainda por Werder Bremen e Wolfsburg, da Alemanha, Juventus, da Itália, e Atlético de Madrid, da Espanha.