“Fico com o sentimento de um dia poder voltar”, diz Calleri em despedida do São Paulo

Crédito de imagem: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Além de amargar a queda nas semifinais da Copa Libertadores, o São Paulo viu seu artilheiro, o argentino Calleri, fazer o último jogo com a camisa do time. No desembarque no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, o atacante se despediu de companheiros e torcida.

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA: EMPRÉSARIO DE MARLONE REVELA POR QUE O JOGADOR DESISTIU DO SPORT
SEM GANSO E KELVIN, TRICOLOR RELACIONA 22 JOGADORES PARA ENFRENTAR O ATLÉTICO NACIONAL
VÍDEO: MARINHO “TROLLA” REPÓRTER AO SER PERGUNTADO O QUE FALTOU PARA O VITÓRIA BALANÇAR AS REDES

Em rápida conversa com a imprensa, o atacante confirmou que está de saída do clube.

— Foi a despedida. Passei seis meses muito lindos. Falei para meus companheiros que, se não fôssemos para a final, seria minha despedida. A verdade é que sou muito grato a todos. Foi melhor do que eu esperava. Fico com o sentimento de um dia poder voltar

Para lembrar: Calleri havia renovado contrato com o São Paulo até o fim do mês de julho, mas a convocação para defender a Seleção Argentina nas Olimpíadas antecipou a despedida do centroavante.

Agora, o São Paulo fica com Alan Kardec como único camisa nove no elenco. Segundo a imprensa carioca, o atacante Gilberto, ex-Internacional, está próximo reforçar o elenco de Edgardo Bauza.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.