Fernando Prass vê ouro olímpico como sonho possível

Crédito da foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press

A seleção olímpica começou nesta segunda (18) a caminhada rumo à conquista da inédita medalha de ouro. O goleiro Fernando Prass é um dos veteranos convocados pelo técnico Rogério Micale.

LEIA MAIS:
Prass rebate repórter que disse que ele está em fim de carreira: “Tenho muita lenha para queimar”
Rogério Micale promete seleção olímpica ofensiva no Rio 2016

“Copa do Mundo no Brasil já tivemos duas vezes. Olimpíada nunca teve e é um título que o Brasil não tem. Muita gente fala que é uma pressão enorme, mas se o Brasil fosse 10 vezes campeão olímpico seria também. Não encaro como pressão, mas como grande oportunidade”, declarou Fernando Prass durante entrevista coletiva realizada nesta segunda na Granja Comary, em Teresópolis.

O goleiro também elogiou o elenco: “Vejo um grupo de muita qualidade. No futebol, no papel, às vezes as coisas não se desenham na prática, mas numa análise fria, sem deixar se envolver, eu vejo uma expectativa positiva muito grande”, acrescentou Prass. Ainda há três jogadores para se apresentarem ao grupo: o zagueiro Marquinhos, o lateral Douglas Santos e o meio-campista Renato Augusto.

O grupo comandado pelo técnico Rogério Micale segue em Teresópolis até o final do mês, quando viaja para Goiânia para fazer o único amistoso antes dos Jogos Olímpicos: contra o Japão, no próximo dia 30 no Estádio Serra Dourada.

A estreia da seleção olímpica está marcada para 4 de agosto, contra África do Sul no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Logo depois enfrenta Iraque (Estádio Mané Garrincha, dia 7) e Dinamarca (Arena Fonte Nova, dia 10) na primeira fase.

Convocado pela primeira vez, Fernando Prass é o mais experiente da seleção olímpica, com 38 anos. Além dele, o meio-campista Renato Augusto e o atacante Neymar completam o trio de veteranos permitido para formar o time sub-23.

(Crédito da foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press)