Em encontro de cronistas, senador faz protesto contra CBF por faixa estendida em jogo

Foto: Divulgação/ Site Oficial da ACEESP

O senador paranaense Alvaro Dias, filiado ao PV, se reuniu com cronistas esportivos dos estados do Rio de Janeiro, Paraná e São Paulo que se posicionaram para mostrar indignação na relação com a CBF. O senador criticou a confederação e se mostrou  favor dos questionamentos feito pelos jornalistas.

RIO 2016: SAIBA MAIS SOBRE O FUTEBOL NAS OLIMPÍADAS

VEJA GRANDES JOGADORES QUE FORAM JOGAR EM PAÍSES SEM TRADIÇÃO NO FUTEBOL

Foto: Reprodução/ Youtube

Alvaro Dias, que é responsável pela lei que garante condições adequadas para os cronistas ao exercer a profissão nos estádios, criticou a censura da CBF imposta quando alguém adentra o estádio com alguma faixa que critica a organização:”A CBF é uma entidade cheia de problemas, que vive às voltas com denúncias gravíssimas de corrupção, de irregularidades sem fim, com uma eterna luta de poder entre cartolas, e mesmo diante desse quadro, se acha no direito de cobrar rigor em relação ao direito dos outros. Esse fato que aconteceu numa partida do Campeonato Brasileiro é esdrúxulo. Uma manifestação pacífica, civilizada, com uma faixa em que se protestava contra a corrupção na CBF, e o juiz exige a paralisação do jogo até que faixa fosse retirada, como se não estivéssemos em um regime democrático, como se não fosse possível a livre manifestação de opinião. Aqueles cidadãos que levaram a faixa de protesto estavam exercitando a democracia e opinando a respeito da má conduta dos cartolas brasileiros, protestando contra a corrupção no futebol, portanto, não cabe essa exigência, esse rigor, essa prepotência, esse autoritarismo da CBF”, afirmou o senador.

O problema relatado por Alvaro Dias ocorreu na partida entre Chapecoense x Corinthians, em que torcedores corinthianos levantaram uma faixa com os dizeres “CBF DA CORRUPÇÃO”. O árbitro da partida, Ricardo Marques Ribeiro, relatou na súmula o ocorrido e fez com que os policiais retirassem a faixa do estádio.