Do banco, Lugano mantém tabu contra o Corinthians

Crédito de imagem: Reprodução/Instagram

O zagueiro Diego Lugano mantém o tabu de nunca ter perdido um majestoso com a camisa do São Paulo. Com o retorno de Maicon ao time titular no clássico deste domingo (17), o jogador voltou ao banco de reservas, mas só o pé quente do ídolo foi suficiente para destacar ainda mais os números favoráveis à ele em clássicos paulistas.

LEIA MAIS:

Cueva é destaque de jornal peruano após gol em clássico: “Que monstro!”

Em sua primeira passagem pelo São Paulo – entre 2003 e 2006 – foram quatro jogos contra o Timão, sendo três vitórias e um empate. Já em 2016, o zagueiro foi relacionado apenas para o jogo de ontem, válido pela 15ª rodada do Brasileirão, que acabou empatado em 1 a 1.

Além de majestosos, Lugano também não sabe o que é perder um choque-rei. São nove jogos contra o Palmeiras, contabilizando sete vitórias e dois empates. O uruguaio foi titular na vitória do São Paulo por 1 a 0 contra o Verdão, na quarta rodada do Brasileiro deste ano.

Nessa temporada, o São Paulo também enfrentou os dois rivais pelo Campeonato Paulista. Coincidentemente, Lugano não foi relacionado e o tricolor perdeu ambos os jogos. Em fevereiro, quando o zagueiro ainda não havia estreado em 2016, o Corinthians bateu o São Paulo por 2 a 0 no Itaquerão. Já o Palmeiras venceu no Pacaembu, pelo mesmo placar. Na ocasião, o jogador havia sido poupado em função de ter sido titular contra o River Plate, pela Libertadores da América, na mesma semana.

CONFIRA OS NÚMEROS:

Corinthians – 5 jogos (3 vitórias e 2 empates)

BR 2003 – São Paulo 3 x 0

BR 2004 – São Paulo 0 x 0

Paulistão 2005 – São Paulo 1 x 0

BR 2006 – São Paulo 3 x 1

BR 2016 – Corinthians 1 x 1 São Paulo

 

Palmeiras 9 jogos (7 vitórias e 2 empates)

BR 2004 – São Paulo 2 x 1

Paulistão 2005 – São Paulo 3 x 0

Libertadores 2005 – São Paulo 1 x 0

Libertadores 2005 – São Paulo 2 x 0

BR 2005 – São Paulo 3 x 3

Libertadores 2006 – São Paulo 1 x 1

Libertadores 2006 – São Paulo 2 x 1

BR 2006 – São Paulo 4 x 1

BR 2016 – São Paulo 1 x 0 Palmeiras