Diretor do Corinthians revela chateação com Tite e Edu Gaspar por saída de preparador

Foto: Press/LatinContent/Getty Images

Depois das saídas de Tite, do auxiliar Cleber Xavier e do gerente de futebol Edu Gaspar para a seleção brasileira, o Corinthians perderá no final do mês o preparador físico Fábio Mahseredjian. Em entrevista à Rádio Globo, o diretor adjunto de futebol alvinegro, Eduardo Ferreira, mostrou chateação com o treinador e o dirigente da CBF que não trabalharam para segurar o integrante da comissão técnica do Timão até o fim do ano.

LEIA MAIS:
Corinthians pode ter até quatro novidades contra o Figueirense 
Opinião: Giovanni Augusto não pode ser o armador central do Corinthians 

“Infelizmente faltou um bom senso da CBF em permitir que o Fabio (Mahseredjian) terminasse o ano com a gente. Sabemos que é uma cultura do futebol brasileiro todo preparador físico ir para a seleção na época da preparação para os jogos. Poderia esperar mais quatro meses e deixar o Fabio terminar o ano conosco”, disse.

“Se eu falar que não (fiquei chateado), eu vou estar mentindo, mas é do ser humano. Eu sei que cada um pensa em si próprio e busca o seu melhor, mas por eles (Tite e Edu Gaspar) terem trabalhado aqui há pouco tempo deveriam ter tido um carinho e pensamento melhor. Até chegamos a falar que se tivesse que liberá-lo uma semana antes ou se precisasse de um trabalho específico para uma reunião externa, liberaríamos sem problema nenhum”, completou.

A partir de agosto, o hoje auxiliar Fabrício Ramos do Prado será o responsável pela preparação física corintiana.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)