Dinheiro é um fator para Riascos não vir para o Vasco? Entenda o caso

Foto: Divulgação/Vasco.com.br

A possível saída de Riascos do Cruzeiro fez com que muitos torcedores do Vasco da Gama se empolgassem com o retorno do atacante colombiano. Com passagem pelo Gigante da Colina no início desta temporada, o jogador seria o camisa 9 ideal para ajudar o clube no restante da temporada.

LEIA MAIS:
5 JOGADORES QUE SURPREENDERAM AO MARCAR GOLS EM FINAIS
LUIS RICARDO FALA SOBRE BAIXO PÚBLICO EM JOGOS DO BOTAFOGO: “ACABOU A DESCULPA”
JORGE HENRIQUE PODE SER MELHOR APROVEITADO POR JORGINHO; VEJA COMO
VEJA COMO A TENTATIVA DE GOLPE NA TURQUIA PODE REFLETIR NO FUTEBOL
TORCEDOR PODE DETERMINAR QUANTO SEU CLUBE RECEBERÁ DA GLOBO, DIZ BLOG

O Cruzeiro, inclusive, já consultou o Vasco para um provável novo empréstimo de Riascos, como revelou o dirigente Isaías Tinoco, ao Extra:

“O Cruzeiro quer rescindir com o atleta. Consultou o Vasco. Só que fizemos duas contratações com a verba disponível. Ou seja: ele nos interessa, mas tudo vai depender da disponibilidade de verba”.

Até agora, a questão financeira foi o principal fator que não só impedir a chegada de reforços de peso em São Januário, como também não garantiu que Riascos, quando emprestado ao Gigante da Colina, permanecesse no clube. Mas, hoje o dinheiro é um fator para Riascos não vir para o Vasco?

Com um salário estimado em torno de R$ 250 mil por mês, Riascos está, pela sua remuneração, fora do Vasco, mas isso não signifique o Cruzmaltino não possa fazer um esforço para chegar o mais perto possível desse valor. Em sua passagem anterior por São Januário, Cruzeiro e Vasco dividiram o salário no primeiro acordo e esse é um caminho para solucionar a dificuldades financeira do time carioca. O dinheiro é um problema para o Cruzmaltino ter Riascos de volta, pois não é possível arcar com a remuneração integral do jogador, mas dá para se chegar em um acordo, caso todas as partes queiram.

Crédito da Foto: Divulgação/Vasco.com.br