Mercado da bola: Diego rescinde oficialmente na Turquia e fica mais perto do Flamengo

Foto: Reprodução/Federação Turca de Futebol

A cereja do bolo nas contratações de reforços do Flamengo para esta temporada está agora livre no mercado. O meio-campista Diego, que mantém conversas muito adiantadas com o clube, teve seu contrato com Fenerbahçe, da Turquia, rescindido. Desta forma, a negociação ganha tempo para ser concretizada, já que não é considerada uma transferência internacional – a janela de negociações para times brasileiros trazerem reforços do exterior será fechada nesta terça-feira (19).

LEIA MAIS:

DIEGO DÁ MAIS TRÊS SINAIS DE QUE VEM PARA O FLA; VEJA

O nome de Diego apareceu “BID” turco nesta terça e o jogador agora está livre para fechar com qualquer clube, mas o Flamengo é o principal interessado.

Flamengo
Foto: Reprodução/Federação Turca de Futebol

Com a liberação do vínculo, que tinha duração até junho de 2017, o estafe de Diego terá mais tempo para acertar os últimos detalhes antes da assinatura do contrato com o Mengão, por três temporadas.

O Fenerbahçe, ex-clube de Diego, também confirmou a saída do jogador e agradeceu com uma nota em seu site.

“O acordo entre o nosso clube e Diego Ribas da Cunha está mutuamente encerrado. Obrigado pelo esforço que deu à nossa equipe, desejamos-lhe sucesso na carreira futura”, publicou o clube turco.

Com ligação ou não ao fato, logo após a notícia da rescisão de Diego ter sido anunciada na Federação Turca, tanto as contas do Twitter do Flamengo, quanto da Adidas, fabricante de material esportivo do clube, e também do jogador publicaram “emojis” com carinhas de felicidade, deixando os torcedores ainda mais esperançosos.

Detalhes do contrato com o Flamengo

Segundo reportagem da “ESPN”, a proposta dos rubro-negros seria no valor de R$ 600 mil mensais e Diego poderia ampliar seus ganhos de acordo com desempenho e assiduidade. Caso venha a ter sucesso no Flamengo, o meia poderia faturar até R$ 715 mil, valor bem acima do padrão brasileiro.