Dia Mundial do Rock: Defesa do Corinthians tem motivos para celebrar

Reprodução/Instagram

Dia 13 de julho é o Dia Mundial do Rock. A música e o futebol têm uma relação muito íntima, porém, o rock nem sempre é bem visto pelos boleiros, principalmente no Brasil onde o pagode, o funk e o sertanejo tem milhares de adeptos. Mas no setor defensivo do Corinthians isso não acontece, Cassio e Balbuena não escondem o gosto pelo velho e bom rock and roll.

LEIA MAIS: DIA MUNDIAL DO ROCK: VEJA OS ROQUEIROS QUE VESTEM O MANTO ALVINEGRO

O goleiro Cássio é um dos nomes mais lembrados quando o assunto é futebol e rock. Declarado fã do estilo musical, o camisa 1 do Corinthians teve uma das cenas mais inesquecíveis de sua carreira na Final do Mundial de Clubes do Japão, quando ao ser anunciado o melhor atleta da partida e ganhar a chave de um carro da patrocinadora do torneiro, não pensou duas vezes e comemorou com os gestos de quem toca guitarra. A cena logo viralizou.

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

Cássio diz que sempre coloca o som de suas bandas preferidas no vestiário para aquecer, que a batida acelerada do rock como System Of a Down, AC/DC, CPM 22, Foo Fighters o faz energizar antes dos jogos.

O goleiro não é o único. Próximo a ele tem o zagueiro Balbuena, paraguaio que diz ser fã da banda CPM 22 desde sua adolescência em Ciudad del Leste, fronteira com o Brasil. O novo xerife da defesa alvinegra, se encontrou recentemente com dois músicos da banda, o vocalista Fernando Badaui e o baterista Ricardo Japinha.

Tímido, o defensor chegou a cantar o primeiro sucesso da banda ‘Regina let´s go” e confessou a tristeza por ter perdido um show da banda em sua cidade natal por compromissos com o futebol quando era mais jovem.

Quando questionado sobre as músicas que os companheiros de elenco escutam nos vestiários, respondeu sorrindo “Eu não gosto não. O Elias coloca umas coisas e eu deixo pra eles ouvirem” Declarou o fã de CPM 22, System of a down, Green Day, Limp Bizkit, Red Hot Chilli Peppers.

Confira Balbuena soltando a voz: