Copa Davis: resumo das quartas de finais disputadas neste fim de semana

Argentinos comemoram sua classificação (Foto: Reprodução/Facebook Oficial Copa Davis)

Neste domingo (17) foram definidos os semifinalistas do grupo mundial da Copa Davis. Reino Unido, Argentina, França e Croácia buscarão uma vaga na grande decisão. Todas as classificações foram definidas em quatro jogos com exceção à dos croatas, que foi até o quinto jogo. Os britânicos desbancaram os sérvios, os argentinos superaram os italianos, os franceses venceram os tchecos e os croatas derrotaram os norte-americanos.

LEIA MAIS:
BRUNO SOARES CRITICA DURAMENTE AS DESISTÊNCIAS DE TENISTAS: “A DESCULPA DO ZIKA VÍRUS É INCONSISTENTE”
BRASIL VENCE EQUADOR E DISPUTARÁ OS PLAY-OFFS DO GRUPO MUNDIAL DA COPA DAVIS

O Reino Unido, atual campeão da Davis, foi até Belgrado, na Sérvia, para eliminar os donos da casa com 3-1 na série. Sem Andy Murray e sem Djokovic, o protagonismo foi de Kyle Edmund (67), de apenas 21 anos. Ele abriu o confronto com uma vitória para cima de Janko Tipsarevic (405) por 6-4/6-3/6-0, entretanto, em seguida, Dusan Lajovic (81) empatou para os sérvios jogando contra James Ward (240). No sábado pelas duplas, Jamie Murray e Dominic Ingloc retomaram a dianteira pelos britânicos e Kyle fechou neste domingo com uma vitória sobre Lajovic por 6-3/6-4/7-6(3).

A Argentina será a adversária do Reino Unido na semifinal. Os argentinos foram à cidade de Pesaro jogar no saibro italiano a fim de desbancar os mandantes e repetir a semifinal do ano passado. E assim o foi, Federico Delbonis (40) abriu com uma vitória sobre Andreas Seppi (52) por três sets a um, os hermanos levaram o empate logo em seguida com Fabio Fognini (36) derrotando Juan Monaco (94) por 6-1/6-1/7-5. Del Potro estava escalado para as duplas no sábado junto de Guido Pella, mas não entrou em quadra já que o conjunto italiano desistiu da partida. Com 2-1, restou para Delbonis fechar o confronto ao superar Fognini pelas parciais de 6-4/7-5/3-6/7-5.

Os franceses também tiveram que viajar para buscar sua classificação. Jogando em Trinec, na República Tcheca, a França começou atrás no placar. Os tchecos venceram a primeira com Lukas Rosol (78) surpreendendo Jo-Wilfried Tsonga (10) em cinco sets, parciais de 6-4/3-6/4-6/7-6(8)/6-4. Lucas Pouille (21) logo tratou de empatar a série vencendo Jiri Vesely (50). Os franceses fecharam o confronto com mais outras duas vitórias, uma nas duplas com Herbert e Mahut e uma na simples com Tsonga se redimindo de sua derrota.

O último semifinalista a ser definido saiu do confronto entre Estados Unidos e Croácia que terminou com a vitória dos croatas. Os adversários da França na semifinal surpreenderam ao virar uma série que perdiam por 2-0. Os norte-americanos venceram as duas primeiras partidas, Sock derrotou Cilic e Isner venceu Coric, e viriam com os irmãos Bryan – dupla que mais venceu Grand Slam na história (16 títulos) – a fim de fechar em 3-0 já no sábado. Porém, a dupla croata, Ivan Dodig e Marin Cilic, surpreendeu o conjunto dos Estados Unidos e o venceu por três sets a um. O time croata ganhou confiança para a volta das simples no domingo e pôde virar a série para 2-3 com vitórias de Cilic sobre Isner (7-6(9)/6-3/6-4) e Coric sobre Sock (6-4/3-6/6-3/6-4).

As semifinais da Copa Davis serão disputadas entre os dias 16 e 18 de setembro. O Reino Unido mandará seu confronto contra a Argentina e a França irá até a Croácia enfrentar os donos da casa.