Cabem no seu time? Chegada de reforços ao Shandong pode facilitar saída de brasileiros

Reprodução/Twitter

O Shandong Luneng anunciou nesta semana as contratações dos atacantes Graziano Pellè, que disputou a Eurocopa com a seleção da Itália, e do senegalês Papiss Cissé, que estava no Newcastle. E os reforços podem ajudar os clubes brasileiros nas próximas janelas de transferências.

LEIA MAIS:
Conca, Montillo e Marcelo Moreno já podem assinar um pré-contrato
O pai já chamou o Palmeiras de fracassado, agora o filho luta contra o rebaixamento na China

Com Pellè e Cissé, o Shandong Luneng ficará com sete jogadores estrangeiros no elenco, já que o clube chinês ainda conta com os brasileiros Gil, Jucilei, Diego Tardelli e Aloísio, além do argentino Montillo, mas só podem jogar três desses jogadores por partida.

Além do limite de apenas três jogadores estrangeiros por partida, cada clube pode inscrever cinco estrangeiros, sendo um deles o chamado “jogador asiático”, que é a vaga destinada para um atleta que possua nacionalidade de algum país membro da Confederação Asiática de Futebol.

O Shandong Luneng precisa se “desfazer” de pelo menos dois jogadores estrangeiros para se adequar as regras.

Vale lembrar que Gil foi contratado no início do ano, após conquistar o título do Campeonato Brasileiro. O meia Montillo tem contrato até o final de dezembro, já pode assinar um pré-contrato, e não deve renovar com o clube chinês. Jucilei possui nacionalidade palestina e se enquadra como “jogador asiático”.

A janela de transferências internacionais no Brasil fechará no dia 19 de julho, será que algum desses cabe no seu time?