Brasileirão: Mau comportamento da torcida pode causar punição ao Palmeiras; entenda

Palmeiras
Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Após as lesões de Mina e Moisés, o Palmeiras pode amargar novos problemas para a sequência no Campeonato Brasileiro. O árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou, na súmula de jogo contra o Santos da última terça-feira, que um isqueiro foi arremessado pela torcida alviverde durante comemoração do gol do Peixe no começo do segundo tempo. O incidente pode causar perda de mandos de campo para o Verdão no Brasileirão.

LEIA TAMBÉM:
Mais reforços nesta janela? Veja o que Cuca falou após empate do Palmeiras com o Santos

Palmeiras 1×1 Santos: assista aos gols do clássico
Moisés admite ter forçado o terceiro cartão amarelo por “mais tempo para recuperar lesão”
Clássico faz Palmeiras bater recorde de público no Allianz Parque desde sua abertura

O gol de Gabigol saiu aos 10 minutos do segundo tempo. Na comemoração, o atacante do Santos correu até uma das bandeiras de escanteio e ajoelhou com as mãos nas orelhas. Em seguida, o meia Vitor Bueno bateu a mão no escudo do Peixe em frente aos torcedores do Palmeiras, que jogaram um isqueiro verde-limão no campo. O volante Renato, então, pegou o objeto e entregou nas mãos do juiz.

“Informo que aos 11 minutos do segundo tempo, na comemoração do gol da equipe do Santos, próxima à linha de meta defendida pela equipe do Palmeiras, foi arremessado para dentro do campo de jogo, pela torcida do Palmeiras, um isqueiro verde com símbolo do Palmeiras, que não atingiu ninguém”, escreveu o árbitro na súmula.

O Palmeiras poderá ser denunciado com base no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de objetos atirados no campo e invasões de campo. O STJD poderá aplicar uma multa de R$ 100 a R$ 100 mil ao clube. Se entender que o incidente atrapalhou o andamento da partida, o órgão pode determinar ao clube a perda de mando de campo em até 10 partidas.

Esta não é a primeira vez que o Palmeiras tem problema com seus torcedores por causa de má conduta nos estádios. O clube já tinha sido punido pelo STJD pela briga entre palmeirenses e flamenguistas no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Verdão deverá realizar um jogo sem a presença de seus torcedores, mas o clube entrou com pedido de efeito suspensivo e a punição ainda não foi aplicada.

 



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.