Bauza diz à rádio argentina que pode deixar o São Paulo se não houver reforços

Edgardo Bauza
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O técnico Edgardo Bauza admitiu nesta segunda-feira (18), em entrevista ao program “Gol de Vestuario”, da rádio argentina Cárdena Uno, que pode sair do São Paulo se a diretoria não contratar reforços para a sequência da temporada da equipe. Em uma semana, três jogadores titulares deixaram o Tricolor: Alan Kardec, Calleri e Paulo Henrique Ganso.

VEJA MAIS
BAUZA ELOGIA EMPENHO DO TIME CONTRA O CORINTHIANS E COBRA REFORÇOS DA DIREÇÃO DO SÃO PAULO
CUEVA É DESTAQUE DE JORNAL PERUANO APÓS GOL EM CLÁSSICO: “QUE MONSTRO!”
MERCADO DA BOLA 2016: BAUZA DETALHA NEGOCIAÇÕES POR REFORÇOS

“Se não trouxerem os jogadores (reforços), será muito difícil continuar, embora eles (diretores do clube) estejam tentando. Já falei com os dirigentes. Se não tivermos jerarquia (prioridade de chegada de jogadores de peso), será muito difícil”, declarou o comandante são-paulino, que emendou sobre o mercado da bola: “Uma vez que finalizar o mercado vamos analisar a nossa situação.”

No papo, ele revela uma conversa com Hernán Barcos, atacante do Sporting (POR), mas que não houve avanços. “Estamos atrás de um atacante de jerarquía. Conversei com Barcos, mas a situação dele na Europa é complicada”, disse Patón, que também falou sobre o lateral Buffarini, do San Lorenzo (ARG). “Com Buffarini tivemos contatos, mas a negociação é complicada. O clube queria um empréstimo por Buffarini, mas não aconteceu. Ainda seguem negociando”, explicou.

Ouça o trecho em que ele fala sobre a possibilidade de sair do São Paulo caso não haja reposição à altura dos atletas que saíram (a partir de 2’59”, em espanhol): 



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.