Árbitro cita “deboche” de Cueva a torcida do Corinthians para explicar cartão amarelo

Corinthians x São Paulo
Reprodução/YouTube

O árbitro Péricles Bassols relatou na súmula do jogo entre Corinthians e São Paulo, neste domingo (17), que aplicou cartão amarelo ao atacante Cueva por debochar da torcida rival em comemoração do gol são-paulino.

LEIA MAIS:
BAUZA ELOGIA EMPENHO DO TIME CONTRA O CORINTHIANS E COBRA REFORÇOS DA DIREÇÃO DO SÃO PAULO
DANILO DESCARTA SE APOSENTAR NO FIM DO ANO: “SE NÃO FOR AQUI, JOGO EM OUTRO CLUBE”
“UM PONTO NÃO É EXCELENTE, MAS PODE NOS AJUDAR”, DIZ GUILHERME APÓS EMPATE DO TIMÃO CONTRA O SÃO PAULO

No documento disponibilizado no site da CBF, o juiz descreve que o lance do gol Tricolor causou a irá da torcida corintiana, que atirou copos no gramado.

— Durante a comemoração do gol do São Paulo, foram lançados objetos (um copo plástico que caiu nos arredores do campo e um artefato plástico preto pequeno, que caiu dentro do campo) em direção ao jogador que comemorava o gol fazendo gestos, conforme relato das advertências. Cabe ressaltar que tais objetos não atingiram nenhuma pessoa.

Péricles justifica que o cartão amarelo foi aplicado ao jogador como forma de punição por ser o causador do fato.

— Fazer gestos provocadores, debochados ou exaltados – Durante a comemoração do gol, o jogador se aproximou da torcida adversária fazendo gestos provocativos. Ato contínuo. A torcida que se encontrava na região lançou objetos em campo.

Com o empate contra o Corinthians, o São Paulo chega aos 22 pontos, assume a oitava posição do Brasileirão e ganha uma semana de folga devido aos jogos da terceira fase da Copa do Brasil. O Tricolor volta a campo contra o Grêmio, no próximo domingo (24), às 16h, na Arena Grêmio.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.