5 motivos para acreditar que o São Paulo eliminará o Atlético Nacional

sao paulo
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo tem uma verdadeira decisão nesta quarta-feira (13) na Colômbia. Encara o Atlético Nacional (COL) pelo segundo jogo da semifinal da Libertadores com uma desvantagem de dois gols para tirar da equipe adversária, já que os são-paulinos perderam por 2 a 0 no duelo de ida, semana passada, no Morumbi.

VEJA MAIS
JOGOS QUE O SÃO PAULO VENCEU FORA DE CASA POR DOIS GOLS DE DIFERENÇA NA LIBERTADORES
SE CUIDA, SÃO PAULO! ÚLTIMA DERROTA DO NACIONAL EM CASA POR DOIS GOLS DE DIFERENÇA FOI HÁ 15 MESES

Uma vitória por 2 a 0 leva a partida para os pênaltis, e 3 a 1, 4 a 2, 5 a 3 ou uma vantagem superior a dois tentos, classifica os brasileiros para a final do torneio sul-americano. Muitos desacreditam na classificação tricolor, mas nem tudo está perdido, o clube tem camisa e nessas horas ela pesa na “hora H”.

O Torcedores.com listou cinco motivos que farão você acreditar que o São Paulo pode, sim, passar pelo Nacional:

1) Tem o artilheiro da Libertadores

O atacante argentino Calleri já soma oito gols na competição e sempre é uma esperança de gols para o time de Edgardo Bauza.

2) Tem um técnico bicampeão da Libertadores

Patón Bauza foi campeão da Libertadores por duas vezes, uma com a LDU (EQU) e outra pelo San Lorenzo (ARG), o que pode pesar a favor do Tricolor.

3) Terá uma voz da experiência em campo

Diego Lugano receberá oportunidade de jogar na zaga com a suspensão de Maicon (expulso na partida de ida). Ele pode não viver grande fase, mas deve estar “mordido” por dentro e quer mais do que tudo essa vaga na decisão.

4) Tem uma camisa que “enverga varal”

Não tem jeito. O São Paulo em Libertadores é um dos times com maior camisa no torneio: “só” é tricampeão continental e mundial. Porque não acreditar nessa mística novamente nesta noite?

5) Já conseguiu o improvável na primeira fase

Para quem não lembra, nesta mesma Libertadores, a equipe fez uma recuperação incrível e se classificou no fatídico jogo contra o The Strongest (BOL), no empate em 1 a 1. O zagueiro Maicon foi goleiro por alguns minutos e garantiu a passagem para o mata-mata.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.