42 jogadores que não completaram 7 jogos no Brasileirão e podem ser bons reforços

Foto: Reprodução

Com o Brasileirão em andamento e alguns times longe do ideal, torcedores e certamente dirigentes começam a imaginar as posições e jogadores que poderiam chegar para reforçar sua equipe para o restante da competição. Uma das alternativas são atletas que ainda não completaram sete jogos no Campeonato Brasileiro, podendo, assim, se transferir para outro clube da mesma divisão.

LEIA MAIS:
Ex-meia do Atlético-MG está sem clube e quer retornar ao Brasil
19 jogadores que ficaram sem contrato em Junho e podem ser bons reforços  
25 jogadores que estão na Europa e poderiam atuar no Brasileirão
Confira uma equipe escalada, de 1 à 11 apenas com reforços “disponíveis” para seu time no Brasileirão
Podolski posta fotos com a nova camisa do Flamengo que elogia: ‘Tá bem vestido’

 

O Torcedores.com selecionou 42 atletas que ainda não atingiram o limite de sete partidas, podendo ser boas opções de reforços para os times. Alguns jogadores tiveram ou ainda tem problemas com lesão, mas podem ser importantes no restante da competição, assim que tiverem 100%.

Veja a lista feita por jogadores de maior destaque na competição nacional:

 

1 – LUCAS PRATTO (Atlético-MG) – Nenhum jogo –  O camisa 9 do Galo se recupera de lesão e ainda não atuou no Brasileirão. Pratto seria um reforço caro e difícil.

2 – LUAN (Atlético-MG) – Nenhum jogo –  O “Menino Maluquinho” está na mesma situação de Lucas Pratto. Perto de um retorno, Luan ainda vai estrear no Campeonato Brasileiro. Mesmo sendo xodó da equipe, a grande concorrência poderia fazer com que o Galo o negociasse.

3 – DÁTOLO (Atlético-MG) – 4 jogos – O meia está em fim do contrato e tem apenas quatro jogos no Brasileirão, o que  poderia facilitar uma transferência.

 

Dátolo
Foto: Bruno Catini/CAM

 

4 – EDCARLOS (Atlético-MG) – 4 jogos – O experiente zagueiro pode ser uma opção para reforçar o setor defensivo de alguma equipe.

5 – PAULO ANDRÉ (Atlético-PR) – 6 jogos – O defensor tem experiência em Libertadores e Mundial. Caso jogue a próxima partida, não poderá mais se transferir para outro time da Série A do Brasileirão.

 

atletico pr 1 x 0 santos gol paulo andre
Paulo André joga no Atlético-PR (Foto: Reprodução/ Twitter oficial do Atlético Paranaense)

 

6 – JEFFERSON (Botafogo) – Nenhum jogo – O goleiro ainda vai ficar um tempo fora por lesão, mas pode ser uma boa opção para segunda metade do Brasileirão.

7 – LUIS HENRIQUE (Botafogo) – 3 jogos – Considerado uma grande promessa da base do Botafogo, o atacante atuou apenas três partidas no Campeonato Brasileiro, podendo se transferir para outro clube da série A.

 

Divulgação/ Vítor Silva/ SSPress/ Botafogo
Divulgação/ Vítor Silva/ SSPress/ Botafogo

 

8 – JOEL CARLI (Botafogo) – 1 jogo – Um dos destaques do Fogão no último Campeonato Carioca, o zagueiro argentino fez apenas uma partida nesse brasileiro.

9 – KEMPES (Chapecoense) – 4 jogos – Artilheiro no Joinville, Kempes não teve muita chance na Chapecoense em virtude da titularidade absoluta de Bruno Rangel.

10 – ELIAS (Corinthians) – 3 jogos – O volante sofreu uma séria lesão e ficará afastado dos campos por um tempo, mas pode ser um reforço interessante para o returno do Brasileirão.

11 – WILLIANS (Corinthians) – 3 jogos – Campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, Willians foi emprestado pelo Cruzeiro, mas não tem tido muitas oportunidades.

 

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

 

12 – DANILO  (Corinthians) – 2 jogos – Experiente e campeão, o meia tem tido poucas chances de atuar nesse Brasileirão.

13 – MANOEL (Cruzeiro) – Nenhum jogo – O zagueiro teve problemas de lesão e ainda não atuou no Brasileiro, mas pode ser um bom reforço para o restante da competição.

14 – DOUGLAS COUTINHO (Cruzeiro) – 5 jogos – O atacante já foi autorizado a procurar novo clube. Veja tudo acessando o link: Cruzeiro libera Douglas Coutinho para procurar novo clube.

15 – LÉO (Cruzeiro) – 2 jogos – Zagueiro experiente que não vem tendo oportunidades no Cruzeiro e pode ser um bom reforço para o setor defensivo de alguns clubes da série A.

Foto: Divulgação/Cruzeiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

 

16 – CARLOS ALBERTO (Figueirense) – 2 jogos – O meia se recupera de lesão, mas é provável que deixe o Figueirense se tiver proposta.

17 – PAULO VICTOR (Flamengo) – 3 jogos – Com Muralha de titular, Paulo Victor pode ser uma opção para algum time da Série A que precise de goleiro.

 

São Paulo
Crédito de imagem: Getty Images

 

18 – MANCUELLO (Flamengo) – 6 jogos – Grande contratação do ano do rubro-negro, o meia argentino perdeu a posição de titular da equipe. Caso jogue a próxima partida, Mancuello não poderá mais se transferir para outro time da Série A do Brasileirão.

19 – CANTEROS (Flamengo) – Nenhum jogo – Titular do time em 2015, Canteros vem sendo reserva por toda temporada. O volante ainda não entrou em campo no Brasileirão.

 

Flamengo
Foto: Getty Images

 

20 – GABRIEL (Flamengo) – 5 jogos – O meia atacante tem tido menos oportunidades nos jogos do Fla e pode ser um reforço para alguns times da Série A.

21 – EMERSON SHEIK (Flamengo) – 4 jogos – O atacante se recupera de lesão e ainda não completou seu sétimo jogo no Brasileirão, podendo ser uma opção de reforço.

22 – PIERRE (Fluminense) – Volante experiente, Pierrer fez apenas quatro jogos pelo Flu e pode ser um nome para o setor defensivo de alguns times.

 

Pierre_fluminense_ffc

 

23 – RENATO CHAVES (Fluminense) – Nenhum jogo – Destaque do Campeonato Brasileiro de 2015 pela Ponte Preta, o zagueiro ainda não atuou na competição esse ano.

24 – HENRIQUE ALMEIDA (Grêmio) – 2 jogos – O atacante se recupera de uma lesão e pode ser um reforço importante para o setor ofensivo de alguns times da Série A.

 

Henrique Almeida (Grêmio). (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Henrique Almeida (Grêmio). (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

 

25 – MARQUINHOS (Internacional) – 2 jogos –  O meia atacante teve ótima passagem pelo Vitória-BA e acabou se transferindo do Cruzeiro para o Inter, sem ter muitas oportunidades.

 

Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

 

26 – VALDÍVIA (Internacional) – 2 jogos – Recuperado de lesão, o meia-atacante voltou a atuar pelo Colorado. Valdívia seria um contratação difícil, pelo identificação que tem com o Inter.

27 – ALAN COSTA (Internacional) – 3 jogos – O defensor tem poucas oportunidades e pode ser uma opção para reforçar o setor defensivo de alguma equipe.

28 – AROUCA (Palmeiras) – Nenhum jogo – O volante teve problemas com lesões, mas pode ser um bom reforço para segunda parte do campeonato.

29 – LUCAS BARRIOS (Palmeiras) – 2 jogos – O atacante andou tendo problemas com Cuca e poderia ser um ótimo reforço para maioria dos clubes da Série A.

30 – RAFAEL MARQUES (Palmeiras) – 6 jogos – Sempre cobiçado no mercado, o atacante continua tendo poucas chances com Cuca.

 

César Greco/Ag. Palmeiras
César Greco/Ag. Palmeiras

 

31 – ERIK (Palmeiras) – 2 jogos – Grande destaque do Goiás, o atacante tem tido poucas oportunidades no Verdão e poderia ser um bom reforço para os times da Série A.

32 – LUAN (Palmeiras) – 2 jogos – Com a forte concorrência no ataque do Palmeiras, Luan pode ser uma opção para os times que precisem de atacantes.

 

(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)
(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

 

33 – RHAYNER (Ponte Preta) – 2 jogos – Com apenas duas aprtidas disputadas, o rápido atacante ainda pode se transferir para outro clube da Série A.

34 – RICARDO OLIVEIRA (Santos) – Nenhum jogo – Se recuperando de lesão, o artilheiro do Peixe ainda não atuou na competição. Para tirar Ricardo Oliveira da Vila Belmiro, o time teria que fazer uma ótima proposta, tanto para o Santos, como para o jogador.

35 – ELANO (Santos) – 2 jogos – O experiente meia teve poucas oportunidades com Dorival.

36 – MAXI ROLÓN (Santos) – 2 jogos – O atacante não teve muitas chances no time titular do Santos e um empréstimo para outro clube pode ser uma solução.

37 – MICHEL BASTOS (São Paulo) – 5 jogos – O nome do meia-atacante é sempre comentado nas janelas de transferências e ainda não completou os 7 jogos. A dificuldade em uma negociação pode ser a participação do São Paulo na Libertadores.

 

Divulgacao/site oficial do Sao Paulo ( Rubens Chiri)
Divulgacao/site oficial do Sao Paulo ( Rubens Chiri)

 

38 – CARLINHOS (São Paulo) – 3 jogos – Recuperado de lesão, o experiente lateral pode ser uma boa opção para vários times da Série A.

39 – MARK GONZÁLEZ (Sport) – 3 jogos – O meia chileno ainda não fez os sete jogos e poderia se transferir para outro clube da mesma divisão.

40 – LUIZ ANTONIO (Sport) – 4 jogos – Emprestado pelo Flamengo, o volante não se firmou no time titular comandado por Osvaldo de Oliveira.

41 – TÚLIO DE MELO (Sport) – 5 jogos – Goleador, o atacante vem tendo poucas chances no Sport.

 

Tulio de Melo - Foto: Divulgação/Sport Club do Recife
Tulio de Melo – Foto: Divulgação/Sport Club do Recife

 

42 – VINÍCIUS ARAÚJO (Sport) – 4 jogos – Depois de um início ótimo no Cruzeiro, o atacante foi para Europa, mas retornou ao Brasil tentando recuperar o bom começo de carreira.

 

*dados aferidos antes do início da 14ª rodada do Brasileirão

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: Allan Abi Madi – @allanmadi