4 atacantes que passaram pelo Vasco e NÃO deixaram saudades

Foto: Pauo Fernandes/Vasco.com.br

A necessidade de o Vasco da Gama em encontrar um atacante goleador gera na torcida uma apreensão para que um reforço de peso seja encontrado no mercado da bola ou que algum atleta do atual elenco assuma essa função, coisa que nem Thalles e nem Leandrão, jogadores da função, mostraram ter propensão.

LEIA MAIS:
8 TREINADORES QUE SERIAM TITULARES EM SEUS TIMES NO BRASIL
BOTAFOGO ESTÁ INVICTO COM AIRTON EM CAMPO; TIME TAMBÉM NÃO SOFREU GOLS
5 CURIOSIDADES SOBRE PALMEIRAS X SANTOS NO ALLIANZ PARQUE
5 JOGADORES QUE SURPREENDERAM AO MARCAR GOLS EM FINAIS

Se, por um lado, há uma certa ansiedade para a chegada de novos jogadores por parte dos torcedores, a diretoria, por sua vez, mantém os pés no chão, até para não incorrer em erros já identificados no passado e trazer atletas que passem pelo clube sem deixar saudades.

Esse foi o caso de Tenório, atacante equatoriano contratado em 2012, a época para a disputa da Libertadores da América, mas que passou mais tempo no departamento médico do que dentro de campo. Diferente dele, André, que jogou no Vasco em 2013, cumpriu seu papel de homem-gol, mas, além de não ter ajudado a evitar o rebaixamento da equipe no Campeonato Brasileiro naquele ano, viveu problema extra-campo e foi afastado do time pelo treinador Adilson Batista.

Herrera, que até o ano passado esteve no Cruzmaltino, é mais um nome que passou pelo Vasco e sem deixar saudades, o mesmo vale para Dagoberto, que criou grande expectativa na estreia, porém, não manteve o bom nível.

Crédito da Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br