Jogador de 85 anos vence torneio de pôquer e leva mais de R$ 300 mil

Divulgação

Não existe idade para brilhar como jogador de pôquer e um senhor de 85 é a prova mais recente disso. O uruguaio venceu a mesa final do BSOP Punta del Este e embolsou 88 mil dólares (cerca de R$ 308 mil) na última quarta-feira.

LEIA MAIS
“AQUI MEU PESO NÃO IMPORTA”, DIZ RONALDO FENÔMENO SOBRE CARREIRA NO PÔQUER
RONALDO CHEGA À MESA FINAL DE TORNEIO DE PÔQUER NAS BAHAMAS E LUCRA R$ 15 MIL

Jaime Ateneloff superou 785 oponentes no evento do Enjoy Conrad, na cidade de Punta del Este, prova de que não há idade ou gênero para se dar bem no pôquer.

Além de lucrar um dinheiro considerável, o uruguaio entrou para a história do BSOP, série de torneios de pôquer realizada no Brasil desde 2006.

Omar Oyhenart, também uruguaio, ficou na segunda posição e recebeu 58 mil dólares (R$ 203 mil) e o terceiro lugar ficou com o brasileiro Caio Machado, que recebeu 42 mil dólares (cerca de R$ 147 mil).

“Foi um grande momento para mim. Eu já havia ganhado alguns torneios aqui no Conrad e já cheguei em mesas finais em outros torneios mundiais, mas aqui foi um torneio muito importante e o que tem mais participantes na América Latina”, afirmou Ateneloff.

O senhor de 85 anos está entre os principais jogadores de pôquer do mundo e já marcou presença de mesas finais de grandes torneios, além de disputar o WSOP (World Series of Poker).

“Joguei três dias contra grandes jogadores, foi bem difícil, uma luta, mas eu consegui chegar à mesa final e foi um momento incrível. Enquanto tiver torneios no Planeta Terra, é muito provável que eu vá participar”, completou.



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.