Eurocopa 2016: conheça os jogadores sub-23 mais caros do torneio

Kane estará na Eurocopa 2016
Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Federação Inglesa

A Eurocopa 2016 começa nesta sexta-feira (10) e a edição deste ano traz alguns dos mais caros jogadores sub-23 do planeta. O Torcedores.com usou os dados do site especializado Trasfermarkt.com para listar os mais valiosos. Veja abaixo quem são eles!

LEIA MAIS:
EUROCOPA 2016: CINCO JOGADORES PARA FICAR DE OLHO DURANTE O TORNEIO
CAMPEÕES DA EUROCOPA TAMBÉM JOGAM! VEJA QUAIS ESTARÃO NA EDIÇÃO DE 2016
EURO 2016: O GUIA DO TORCEDORES.COM PARA OS ESTÁDIOS DO TORNEIO

Raheem Sterling – Inglaterra – 21 anos – 45 milhões de euros (R$ 172 milhões)
Peça importante no Liverpool, Sterling foi contratado no começo da temporada passada pelo Manchester City por 62,5 milhões de euros. Nas 47 partidas pelos Citizens em 2015/2016, Sterling marcou 11 gols e fez dez assistências, números que lhe valeram a vaga na Eurocopa.

Harry Kane – Inglaterra – 22 anos – 40 milhões de euros (R$ 153 milhões)
É, a par de Jamie Vardy, a esperança de gols da Inglaterra. O atacante do Tottenham foi artilheiro da Premier League com 25 gols, um a mais que o jogador do Leicester.

Anthony Martial – França – 20 anos – 32 milhões de euros (R$ 122 milhões)
Depois de se destacar pelo Monaco, o Manchester United não hesitou e pagou 50 milhões de euros na temporada passada para contar com o atacante. Martial teve impacto imediato nos Red Devils e se tornou titular do ataque do United.

John Stones – Inglaterra – 22 anos – 28 milhões de euros (R$ 107 milhões)
O zagueiro do Everton tem sido um dos melhores jogadores defensivos da Premier League. As boas exibições pelos Toffees asseguraram o seu lugar entre os 23 escolhidos por Roy Hodgson para a Eurocopa e também o interesse do Barcelona, Chelsea e Manchester United. No entanto, o Everton não o pretende vender facilmente e chegou a recusar uma proposta de 38 milhões de libras (R$ 186 milhões) do Chelsea em agosto do ano passado.

Yannick Carrasco – Bélgica – 22 anos – 25 milhões de euros (R$ 96 milhões)
O ponta ficou conhecido mundialmente pelo beijo que deu em sua namorada após empatar a final da Champions League frente ao Real Madrid. Em sua primeira temporada pelo Atlético de Madrid, Carrasco fez cinco gols e cinco assistências em 43 jogos.

Julian Draxler – Alemanha – 22 anos – 24 milhões de euros (R$ 92 milhões)
O meia atacante formado pelo Schalke 04 se transferiu no início da temporada passada para o Wolfsburg a troco de 36 milhões de euros. Campeão do mundo em 2014 pela Alemanha, Draxler terminou a primeira campanha pelos Lobos com nove gols e oito assistências em 35 partidas disputadas.

Ross Barkley – Inglaterra – 22 anos – 22 milhões de euros (R$ 84 milhões)

Assim como John Stones, Barkley teve mais uma boa temporada a serviço do Everton. Sem falhar nenhuma partida da Premier League em uma campanha abaixo das expectativas por parte do time de Liverpool, o meia atacante fez 12 gols e 11 assistências em 48 jogos em todas as competições.

Renato Sanches – Portugal – 18 anos – 20 milhões de euros (R$ 76 milhões)
Uma das promessas da Seleção Portuguesa, Renato Sanches se destacou pelo Benfica e logo chamou a atenção dos gigantes europeus. Em maio deste ano, o Bayern de Munique pagou 35 milhões de euros pelo meia e o montante poderá chegar a 80 milhões mediante o desempenho do jogador no futuro.

Dele Alli – Inglaterra – 20 anos – 20 milhões de euros (R$ 76 milhões)
O meia foi uma das sensações da Premier League na temporada passada. O Tottenham pagou 6,6 milhões de euros ao MK Dons pelo jovem e o Dele Alli recompensou o investimento com dez gols e 11 assistências em 46 jogos pelos Spurs.

Breel Embolo – Suíça – 19 anos – 20 milhões de euros (R$ 76 milhões)

O atacante do Basel fez dez gols e sete assistências no Campeonato Suíço e segundo a imprensa inglesa as suas boas exibições vêm atraindo o interesse do Manchester United, Liverpool e Tottenham.

André Gomes – Portugal – 22 anos – 20 milhões de euros (R$ 76 milhões)
O meia revelado pelo Benfica foi emprestado ao Valencia em 2014 e contratado em definitivo pelo time espanhol em 2015 por 15 milhões de euros. Apesar da campanha irregular da equipe no Campeonato Espanhol (11º), André Gomes marcou quatro gols e fez sete assistências em 41 jogos.

Mateo Kovacic – Croácia – 22 anos – 20 milhões de euros (R$ 76 milhões)
Apesar de ser reserva de Luka Modric no Real Madrid, Kovacic disputou 25 partidas pelos merengues e fez parte do elenco campeão da Champions League desta temporada.

Hakan Çalhanoglu – Turquia – 22 anos – 18 milhões de euros (R$ 69 milhões)
O meia atacante do Bayer Leverkusen é conhecido pela sua maestria na cobrança de faltas e se tornou uma peça fundamental do esquema tático do técnico Roger Schmidt desde que chegou ao clube em 2014 vindo do Hertha Berlin.

Leroy Sané – Alemanha – 20 anos – 18 milhões de euros (R$ 69 milhões)
Um dos mais cobiçados jogadores da Europa, o ponta direita formado pelo Schalke 04 vem ganhando destaque na Bundesliga. Na temporada passada, marcou oito gols e fez seis assistências em 33 partidas pelo time de Gelsenkirchen no Campeonato Alemão.

Héctor Bellerín – Espanha – 21 anos – 18 milhões de euros (R$ 69 milhões)
O lateral direito do Arsenal não era a primeira opção de Vicente del Bosque para a defesa, mas a contusão de Dani Carvajal na final da Champions League tirou o jogador do Real Madrid da Eurocopa. Assim, Bellerín foi convocado, coroando a boa temporada que fez a serviço dos Gunners.

Emre Can – Alemanha – 22 anos – 18 milhões de euros (R$ 69 milhões)
Podendo atuar como volante ou como zagueiro, o jogador do Liverpool traz mais versatilidade à Seleção Alemã. No time inglês, atuou mais à frente da defesa e é um dos titulares de Jürgen Klopp.

Eric Dier – Inglaterra – 22 anos – 18 milhões de euros (R$ 69 milhões)
Em sua segunda temporada no Tottenham, Dier ganhou a titularidade e o volante foi um dos destaques da campanha que terminou com o terceiro lugar dos Spurs na Premier League.

Kingsley Coman – França – 19 anos – 17 milhões de euros (R$ 65 milhões)
Em três anos, Coman foi campeão francês pelo Paris Saint-Germain, campeão italiano pela Juventus e campeão alemão pelo Bayern de Munique. O jovem, que atua preferencialmente na direita do ataque, está emprestado pela Vecchia Signora ao emblema bávaro, que tem opção de compra no final da temporada 2016/2017.

Federico Bernardeschi – Itália – 22 anos – 16 milhões de euros (R$ 61 milhões)
Bernardeschi foi uma das mais recentes revelações da Fiorentina e o ponta direita terminou a Serie A com dois gols e seis assistências, suficiente para convencer o selecionador Antonio Conte a chamá-lo para a disputa da Eurocopa.

Michy Batshuayi – Bélgica – 22 anos – 15 milhões de euros (R$ 57 milhões)
O atacante do Olympique de Marseille foi o quarto maior artilheiro da edição passada do Campeonato Francês com 17 gols e foi um dos poucos destaques da temporada irregular do time do sul da França. O seu desempenho não passou despercebido e os jornais ingleses dão conta do interesse do Tottenham em sua contratação.

Sergio Rico – Espanha – 22 anos – 15 milhões de euros (R$ 57 milhões)
O goleiro foi um dos responsáveis pelo título da Liga Europa vencido pelo Sevilla, o segundo na carreira de Rico. Na Fúria, deverá ser reserva de David de Gea, assim como Iker Casillas.

Julian Weigl – Alemanha – 20 anos – 14 milhões de euros (R$ 53 milhões)

O Borussia Dortmund contratou o volante junto ao Munich 1860 no começo da temporada passada por 2,5 milhões de euros e o jovem se tornou indispensável no time de Thomas Tuchel, sendo o encarregado pelo primeiro passe da transição entre defesa e ataque.

Joshua Kimmich – Alemanha – 21 anos – 13 milhões de euros (R$ 49 milhões)
Kimmich foi contratado pelo Bayern de Munique junto ao Stuttgart no início desta temporada a troco de 8,5 milhões de euros e esteve em campo 36 vezes na sua primeira temporada com o emblema bávaro, atuando tanto na zaga, como à frente da defesa.

Jonathan Tah – Alemanha – 20 anos – 12 milhões de euros (R$ 46 milhões)
Formado pelo Hamburgo, o zagueiro chegou ao Bayer Leverkusen nesta temporada e logo se tornou titular do time, atuando em 45 partidas.

Divock Origi – Bélgica – 21 anos – 11 milhões de euros (R$ 42 milhões)
Apesar de ser reserva no Liverpool, Origi balançou as redes em 10 ocasiões nas 34 vezes que esteve em campo. Na Seleção Belga, poderá atuar ao lado de Lukaku no ataque.

Raphaël Guerreiro – Portugal – 22 anos – 9 milhões de euros (R$ 34 milhões)
O lateral esquerdo do Lorient vem sendo reconhecido na Ligue 1 pelo seu bom desempenho e deverá ser titular da Seleção Portuguesa na Eurocopa.

Victor Lindelöf – Suécia – 21 anos – 8 milhões de euros (R$ 30 milhões)

O zagueiro foi um dos destaques do Benfica na temporada e ajudou os Encarnados a vencer o Campeonato Português e a Taça da Liga e a alcançar as quartas de final da Liga dos Campeões.

Tin Jedvaj – Croácia – 20 anos – 8 milhões de euros (R$ 30 milhões)
O zagueiro foi contratado pela Roma ao Dínamo Zagreb em 2013 e emprestado ao Bayer Leverkusen na temporada seguinte. As suas boas atuações convenceram o time alemão, que o contratou em definitivo por 7 milhões de euros em janeiro de 2015.

Ante Coric – Croácia – 19 anos – 7 milhões de euros (R$ 26 milhões)
Fez a sua estreia pelo Dínamo Zagreb aos 17 anos e se tornou titular na temporada seguinte. Em seu terceiro ano na equipe principal, fez cinco gols e seis assistências em 41 jogos. A sua estreia na Seleção Croata aconteceu em 27 de maio deste ano e o seu desempenho vem sendo monitorado por Liverpool, Manchester City e Bayern de Munique, de acordo com os rumores da imprensa europeia.

Marcus Rashford – Inglaterra – 18 anos – 6 milhões de euros (R$ 23 milhões)
Talvez o maior legado da passagem de Louis van Gaal pelo Manchester United tenha sido a ascensão meteórica de Marcus Rashford. O jovem atacante marcou oito gols em 18 partidas pelo time principal do United e garantiu o seu lugar na Eurocopa.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Federação Inglesa