De Gea é citado em escândalo na Espanha e deixa concentração

Reprodução conta twitter de David De Gea

Uma bomba estourou na concentração da Seleção Espanhola nesta sexta-feira (10), quando teremos o inicio da disputa da Euro 2016.

Uma mulher, mantida em programa de testemunhas acusou o goleiro reserva, De Gea (Manchester United-ING), o meio-campo do Real Madrid, Isco, e o atacante do Atletico de Bilbao, Iker Muniain de estupro.

Os nomes dos jogadores apareceram numa investigação contra um empresário ligado a indústria pornográfica e este possível crime teria acontecido em 2012. De acordo com o jornal “El Confidencial”, Ignácio Allende Torre, conhecido na Espanha como Torbe, é um dos maiores produtores de conteúdo pornô na Península Ibérica e ele foi detido em abril passado pelas acusações de pornografia e prostituição infantil no país, segundo o ministério do interior espanhol.

Até este momento, sabe-se que De Gea já deixou a concentração da Espanha e regressou ao país.