Como assim? Auxiliar do Uruguai diz que Suárez tinha condições de jogo

Chile
Crédito da foto: Reprodução/Facebook

A polêmica envolvendo a não entrada de Luis Suárez na derrota da Seleção do Uruguai para a Venezuela por 1 a 0, na Copa América Centenário ganhou mais um capítulo. Um auxiliar do técnico Óscar Tabárez declarou a uma rádio que o jogador do Barcelona poderia entrar em campo no jogo diante dos venezuelanos, que contribuiu para a eliminação da Celeste da competição.

LEIA MAIS

Palmeiras: Véspera de Dérbi! Veja as notícias que estão bombando nesse sábado

Celso Otero declarou que Suárez estava liberado para participar do jogo, mesmo marcado como ‘lesionado’ na listagem original feita para a Conmebol, o que o impediria de entrar em campo segundo as regras da competição.

“Ele (Suárez) também estava às ordens contra o México. Do contrário, não poderia estar no banco de reservas nem ser escolhido para o antidoping”, declarou Otero segundo a ESPN.

Uma reportagem do jornal uruguaio Ovación também aponta que uma listagem anterior apresentada pela Associação Uruguaia (AUF) diz que Suárez estava como ‘lesionado’ e o regulamento não coloca que existe uma regra para tornar um jogador inelegível para entrar em campo. De acordo com o próprio jornal, o regulamento só aponta que lista de titulares e reservas deve ser entregue à arbitragem horas 75 minutos antes do começo da partida, sem falar elegibilidade de atletas.

O Uruguai encerra sua participação na Copa América nesta segunda (13), em Santa Clara (EUA), contra a Jamaica.

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook)