Botafogo faz varredura atrás de dívidas de gestões anteriores

Foto: Botafogo/Divulgação

O Botafogo iniciou uma ‘operação pente-fino’ contra as dívidas contraídas por gestões anteriores ao atual presidente, Carlos Eduardo Pereira. O objetivo é de achar pendências financeiras e pagá-las o mais rápido possível e sem necessidade de intervenção da Justiça.

LEIA MAIS

Em entrevista exclusiva, Pugliese afirma não ter magoa do vice na Copa Paulista

Às vésperas do Dia dos Namorados, Musa do Halterofilismo fala do casamento: “Sempre uma surpresa diferente”

Uma dívida com o Flamengo relacionada ao jogador Andrezinho foi o fator que motivou a decisão da diretoria. De acordo com o Globoesporte.com, o Alvinegro terá de pagar R$ 100 mil ao rival por não ter pago os 5% referentes ao clube formador na venda do atleta ao Tianjin Teda (CHN), no ano de 2013, dívida feita na época em que Maurício Assumpção presidia o Fogão;

“(Essa dívida) tem que pagar. Essa é mais uma herança do Maurício Assumpção, Estamos checando todos os processos similares ao do Andrezinho para pagar tudo espontaneamente e encerrar isso. Não tem defesa e não tem como recorrer. A gente ainda tem algumas caveirinhas no armário como essa, e estamos trabalhando para evitar. Um levantamento será feito com o que ainda está em tramitação. É uma medida preventiva para evitar a condenação”, declarou o vice-presidente jurídico do Botafogo, Domingos Fleury.

O dirigente culpou a gestão anterior a de Carlos Eduardo Pereira pelos problemas relacionados à dívida, mas procurou acalmar a torcida sobre um possível reflexo no Campeonato Brasileiro, com a perda de pontos pelo pagamento de dívidas.

“Isso é reflexo da absoluta falta de administração da gestão anterior, que nem nas mais simples coisas se preocupava com o clube. Se não pagar esses valores, vai começar a perder pontos no Brasileiro. Mas não haverá esse risco com a gestão atual. A ideia é não ter pendência com clube nenhum e manter o bom relacionamento com todos, porque essa é a mentalidade do Carlos Eduardo”, concluiu.

 

(Crédito da foto: Botafogo/Divulgação)