Amaral fala sobre seu início no futebol: ” Nem queria ser jogador”

Divulgação

Em entrevista exclusiva para o Torcedores, o ex-volante Amaral afirmou que não tinha aquela ambição de ser jogador: “Em 1990 eu não imaginava que ia ser jogador, em três anos depois estava no Morumbi jogando pelo Palmeiras contra o Corinthians.

LEIA MAIS:
Amaral “lamenta” ser muito honesto no futebol: “Perdi muito dinheiro por isso”
Amaral relembra Palmeiras de 96 e cita elenco atual: “Ninguém jogaria naquele time”
Amaral critica Dunga e diz que “Seleção Brasileira é momento”

O volante ainda contou como foi sua chegada no futebol: “Eu cheguei no futebol, sem querer jogar bola, fui no Palmeiras fazer um teste em 1992, nunca tinha jogado futebol, fiz o teste e passei”. Amaral ainda brincou “Eu jogava “pelada” na rua e gostava mais ou menos, não tinha um sonho de ser um jogador”.

Amaral também explicou como foi a chegada dele na cidade de São Paulo: “Em 1990 eu estava em Capivari, brincando na rua com os meus amigos, daí o Zetti ia jogar a final do Campeonato Brasileiro contra o Corinthians, dai eu fiquei sabendo que o Zetti tinha pagado cinco caravanas para torcer para o São Paulo, eu era corintiano, mas minha mãe não ia deixar eu ir porque não tinha documento daí quando o ônibus passou o pessoal me puxou pela janela, assim cheguei em São Paulo”.

O ex-jogador chegou a jogar em vários países como Turquia, Polônia, Austrália, Amaral contou uma história de quando jogava na Indonésia: Na Indonésia tinha muito terremoto e rato, as vezes entrava dentro de casa, eu estava dormindo e o armário começou a ‘bater’, achei que era rato que estava lá dentro, um cara subiu e me avisou que era terremoto, eu queria escapar, daí tinha um cara na van eu falei pra ele tremor, ele me respondeu normal”, riu Amaral.