Aberto Dualib sobre Brasileirão 05: “Mais ou menos roubado”

Reprodução/Youtube

Hoje com 96 anos, o ex-presidente e mais vitorioso da história do Corinthians, Alberto Dualib, concedeu uma entrevista para a ESPN e claro, o que não faltou foi assunto. Dentre eles, o polêmico Campeonato Brasileiro de 2005, onde na ocasião, um verdadeiro escândalo de arbitragem protagonizado por Edílson Pereira de Carvalho, fez com que jogos apitados por ele, fossem anulados e disputados novamente. Dualib foi questionado que muito se fala que aquele Brasileirão “foi roubado”.

“Mais ou menos”, disse o ex-mandatário corintiano. Em termos de tabela, o mais prejudicado acabou sendo o Internacional, de Porto Alegre, que antes da anulação, figurava na liderança do torneio nacional.

Vale lembrar que em 2007, em uma escuta telefônica com Renato Duprat (seu braço direito), Dualib foi categórico ao dizer que que o campeão seria o clube do Sul, caso não houvessem a repetição dos jogos.

– Nós tínhamos 14 pontos de vantagem para o Inter nos últimos cinco jogos e chegados com um ponto só, e roubado…Olha se não tivesse aquela m… de anulação de jogos nós estávamos fora…porque campeão de verdade foi o Internacional, falou na época.

Outro fato que ficou engasgado para os Colorados foi justamente na partida decisiva entre Inter e Corinthians, quando o juiz Márcio Rezende de Freitas, deixou de marcar uma penalidade em cima de Tinga. Recentemente, o ex-volante da equipe gaúcha revelou um encontro com Márcio Rezende após toda a polêmica.