Vettel lidera último treino livre para o GP de Mônaco de F1

Diferença de tempo entre Vettel e Ricciardo, quarto colocado, foi de 0s157. (Foto: Getty Images)

Sebastian Vettel foi o piloto mais rápido do último treino livre para a disputa do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Na manhã deste sábado (28), o piloto mostrou que, de fato, a quinta-feira foi um dia atípico para a Ferrari, conquistando na melhor de suas voltas 1min14s650, em passagem feita nos 20 minutos finais da atividade.

A segunda colocação ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes, distante apenas 18 milésimos do tempo de Vettel. O inglês vinha para fazer a melhor volta, mas encontrou no terceiro setor um concorrente mais lento, perdendo tempo. O líder do campeonato Nico Rosberg foi o terceiro, seguido pelos dois pilotos da Red Bull, com Daniel Ricciardo mais uma vez à frente de Max Verstappen.

Daniil Kvyat, com a Toro Rosso, ficou com a sexta colocação, seguido por seu companheiro de equipe, Carlos Sainz. Sergio Pérez apareceu na oitava posição, demonstrando bom desempenho com a Force India. Kimi Räikkönen ficou com o nono melhor tempo, enquanto a lista dos dez melhores foi completada por Nico Hülkenberg.

Felipe Massa terminou a sessão com a 11ª melhor marca da atividade, ao registrar com a Williams 1min16s068. Felipe Nasr, por sua vez, ficou com a 18ª posição na folha de tempos da sessão, após marcar 1min16s867. Os dois conseguiram superar seus companheiros de equipe, Valtteri Bottas e Marcus Ericsson, respectivamente.

O treino classificatório será a próxima atividade da Fórmula 1 em Mônaco, com início marcado para 9h, pelo horário de Brasília.

Confira o que melhor aconteceu no TL3:

A atividade começou com os pilotos partindo para a pista logo no início. Quem marcou o melhor tempo imediatamente foi Jolyon Palmer, que rapidamente foi batido por Räikkönen, com um tempo ainda alto, 1min16s976. Os tempos seguiram caindo logo após a Mercedes mandar seus pilotos ao traçado de Monte Carlo, com Hamilton à frente de Rosberg, com 1min15s808.

No nono minuto da sessão, Palmer rodou na região dos Ss da piscina, danificando levemente a asa traseira da Renault, mas sem que a atividade fosse interrompida. A Ferrari mostrou força logo na sequência, quando Vettel tomou a primeira posição ao registrar 1min15s433, mas logo foi superado por Rosberg, que marcou 1min15s181.

A Red Bull mandou seus pilotos à pista após o vigésimo minuto de atividades. Ricciardo se colocou na segunda posição para, no giro seguinte, marcar 1min14s807, também usando os pneus ultramacios. Dois minutos atrás, Verstappen tomou a segunda colocação, distante dois décimos do tempo do australiano.

Rosberg e Hamilton retornaram ao circuito de Monte Carlo, mas não conseguiram bater a marca de Ricciardo. Restando 15 minutos para o final, foi a vez de a Ferrari colocar Vettel e Räikkönen, e viu o alemão tomar a liderança da folha de tempos com 1min14s650. Três minutos depois, Verstappen bateu no primeiro setor, mas a direção de prova manteve a bandeira verde.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.