Veja a lição que o Palmeiras deu nos times brasileiros

Foto: Divulgação/Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras deu uma grande lição nos times brasileiros ao suprir a dependência de jogadores por uma variação tática que o treinador Cuca conseguiu dar à equipe. Seja atuando no 4-4-2, no 4-2-3-1 ou em qualquer outro esquema, o Verdão tem se encontrado e conseguido vencer.

LEIA MAIS:
JOGADOR DA NBA ACERTA ADVERSÁRIO NAS PARTES BAIXAS E BRINCA: “ELE QUER TER FILHOS”
TORCIDA DO VASCO APROVA PARTIDA DE JORDI: “GRANDE ATUAÇÃO”
NEILTON REVELA O SACRIFÍCIO QUE FEZ PARA DAR A VITÓRIA AO BOTAFOGO
SPORTV RECLAMA DE GÁS DE PIMENTA USADO EM JOGO DO VASCO

Desde a saída de Valdivia, o Palmeiras sentiu falta de um camisa 10 clássico, mas como não encontrou no mercado e o Cleiton Xavier convivia com lesões, o time se arrumou jogando de diversas maneiras e sempre com variações táticas interessantes sob o comando de Cuca.

Contra o Atlético-PR, por exemplo, na estreia do Brasileirão, Cleiton Xavier foi importante, mas contra o Fluminense, não. Em ambas as partidas, o Palmeiras venceu pois encontrou alternativas para essa ausência com jogadores do próprio elenco, como Dude e Moisés, por exemplo.

No comando de ataque, ocorreu processo parecido, já que sem Barrios, Cuca optou por avançar Gabriel Jesus. O que deu certo contra o Corinthians no Campeonato Paulista, entretanto, não funcionou diante do Tricolor Carioca. Sem problemas, Alecsandro entrou para ser a referência dentro da área e conseguiu.

Assim, o Palmeiras dá uma lição nos times brasileiros ao ser cada vez mais independente de jogadores graças a um elenco que começou a ser montado no ano passado e hoje conta com um treinador capacitadíssimo para aproveitar todo o seu potencial.

Foto: Divulgação/Cesar Greco/Ag. Palmeiras