Única vitória do Inter na Vila Belmiro teve assinatura de volante chileno

Inter
Alexandre Lops / Internacional

Se tem um estádio que não traz boas recordações ao Inter é justamente o palco do duelo deste domingo. A partir das 18h30, a bola rola pela quarta rodada do Brasileirão para o duelo entre Santos e Inter, na Vila Belmiro, lugar onde o time gaúcho venceu apenas uma vez em toda a sua história.

LEIA MAIS:

Após Santos, Inter terá sequência animadora de jogos no Brasileirão; confira

Torcedor gremista cutuca Alisson e recebe resposta inesperada; confira

A quebra do longo jejum ocorreu há duas temporadas. Brigando por uma vaga na Libertadores na reta final do Brasileirão de 2014, o Inter foi à Vila Belmiro e enfrentou um Santos focado nas disputas finais da Copa do Brasil. E o fim do enorme tabu teve a assinatura do volante chileno Charles Aránguiz, grande nome da partida.

Naquele dia 2 de novembro, o Inter de Abel Braga começou melhor o duelo e logo encontrou o seu gol. Aránguiz surgiu como elemento surpresa no flanco direito, cortou para dentro e bateu de esquerda para abrir o placar. No segundo tempo, Gabigol empatou o jogo, mas Aránguiz surgiu novamente para ajudar o Inter. Ele converteu em gol uma falta em dois toques dentro da grande área.

Relembre os gols daquela partida:

O duelo deste domingo marca também o encontro das duas equipes da Série A que menos perderam em 2016. O Inter tem apenas uma derrota (contra o Veranópolis, pela primeira fase do Gauchão) e está há 16 jogos sem perder. Já o Santos foi derrotado somente duas vezes: contra o RB Brasil no Paulistão e contra o Atlético-MG, na abertura do Brasileirão.

Fora esses jogos, as duas equipes não perderam no ano. O Inter se deu ao “luxo” de ser eliminado na semifinal da Primeira Liga sem sofrer uma derrota sequer. O Santos se mantém invicto na Copa do Brasil, competição onde já avançou para a terceira fase após eliminar o Santos do Amapá na primeira rodada e o Galvez, do Acre, na segunda.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.