Treinador de goleiros do Racing provoca torcida do Atlético-MG com gesto racista

Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Clube Atlético Mineiro

Atlético e Racing (ARG) se enfrentaram, na partida de volta das oitavas de final de Taça Libertadores da América. Os mineiros venceram por 2 a 1, gols de Carlos e Pratto, Lisandro Lopez descontou para os visitantes.

Na raça, Atlético-MG elimina o Racing e terá o São Paulo nas quartas

Porém, uma cena lamentável chamou a atenção no final do confronto. Segundo o site globo.com, o treinador de goleiros da equipe argentina, Juan Carlos Gambandé, após ver sua equipe eliminada, saiu de campo simulando estar comendo uma banana e provocando a torcida atleticana.

Ainda segundo informações do site, a equipe argentina deixou o estádio e seguiu para Buenos Aires antes que um boletim de ocorrência pudesse ser registrado.