Tite comparou André com Evair e desta vez nem a torcida do Corinthians perdoou

Tite
Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Tite concedeu entrevista coletiva no CT do Corinthians, nesta sexta-feira (6), e falou sobre a situação do atacante André, muito criticado após a perda do pênalti na partida diante do Nacional-URU, pela Libertadores, na última quarta. O gol perdido fez falta e o empate por 2×2 eliminou o Timão da competição.

LEIA MAIS:
5 reservas que podem render mais que os titulares no Corinthians 
Análise: por que o Corinthians é forte em casa nos pontos corridos e não no mata-mata? 

Na entrevista, Tite defendeu o atacante e disse ser injusto comparar a batida dele com a de Pato nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013 e com a de Matheus Pereira na final da Copinha de 2016. O técnico ainda comparou o estilo de cobrança do camisa 9 parecido com o de Evair, ídolo do Palmeiras na década de 90.

“Ninguém, de sã consciência, pode comparar batidas de pênaltis do Pato, do Matheus, com a do André. Foram totalmente diferentes da batida dele. Quer ver? Olha a batida contra o Audax. Ele fez o gol, é injusto. Não vamos ser oportunistas. É a forma que ele treina pênalti, parecida com o que Evair fazia. Análise técnica do movimento”, disse Tite.

E a comparação de André com o Evair pegou muito mal nas redes sociais, e não é porque se trata de um ídolo do Palmeiras, mas pela diferença de qualidade entre os jogadores comparados. E desta vez nem mesmo a torcida do Corinthians perdoou as declarações do técnico.