Rui Costa deixa a direção de futebol do Grêmio

(Foto: Reprodução / YouTube)

A queda do Grêmio para o Rosario Central nas oitavas de final da Copa Libertadores começou a refletir na direção do clube. No início da tarde desta sexta-feira, o clube anunciou o desligamento de Rui Costa, diretor executivo de futebol. Pela manhã, David Coimbra, comentarista da Rádio Gaúcha, já havia noticiado o pedido de demissão do dirigente.

LEIA MAIS:
Filho do ex-presidente Fábio Koff detona o trabalho de Rui Costa no Grêmio 
Rosario Central x Grêmio: assista ao gols 

Rui Costa estava no cargo desde o início do quarto mandato do presidente Fábio Koff, em 2013, e vinha sendo muito questionado após as eliminações recentes do Grêmio.

No início desta semana foi vazado um áudio onde Fabio Koff Jr, filho do ex-presidente, disparou fortes críticas ao trabalho de Costa.

“Um clube, que nem o Grêmio, c***, se entregar para um executivo, cara, fala mansa, malandro, escroque. Não é burro, é inteligente. Falso pra c***. Uma das pessoas mais hipócritas que eu conheci na minha vida. O Grêmio se entregar para um cara desses. Até o fim dos meus dias, não vou me perdoar por não ter conseguido convencer o velho a tirá-lo. Eu devia ter dado uma porrada na cara ou apanhado dele. Só assim ele não estaria nos prejudicando tanto. Não tem cabimento, cara. Não tem sentido isso aí, tchê”, revela a transcrição do áudio de Koff Jr com os devidos cortes.

Outras mudanças podem ocorrer no clube com a saída de César Pacheco, diretor de futebol. Não estão descartadas alterações na comissão técnica e no departamento médico, muito criticado após os quatro casos de caxumba no elenco.

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)