Renato Maurício Prado critica expulsão de Sassá: “Daria amarelo”

Renato Maurício Prado
Foto: Reprodução/Fox Sports

O Vasco venceu o Botafogo por 1 a 0, gol de Jorge Henrique, na tarde deste domingo (01), no Maracanã, pela 1ª partida da Final do Campeonato Carioca. Com a vitória, o Gigante da Colina mantém o direito de empatar na semana que vem para ficar com o título, enquanto ao Glorioso basta vencer por 2 gols de diferença.

LEIA MAIS:
BOTAFOGO PERDE PARA O VASCO E TORCEDORES CRITICAM FALHA DA DEFESA
ATLETA DE 19 ANOS CAI DE CAVALO E MORRE DURANTE SELETIVA PARA OLIMPÍADA
VÍDEO: GOLEIRO TENTA FAZER DEFESA E COMETE FALHA BIZARRA NA INGLATERRA
VÍDEO: MÃE DE GOLEIRO MORRE E TORCIDA ADVERSÁRIA FAZ BELA HOMENAGEM

Após sofrer o gol, Ricardo Gomes tirou Leandrinho e colocou Sassá, porém, com pouco minutos em campo, o garoto deu um carrinho em Jorge Henrique e foi expulso, deixando o Glorioso com um jogador a menos e precisando correr atrás no placar. No programa A Última Palavra, da Fox Sports, apresentado por Renato Maurício Prado, o tema foi motivo de um interessante debate em que o âncora discordou da maioria dos componentes da mesa, afirmando que Sassá poderia não ter sido expulso:

“Vamos combinar que o Jorge Henrique dá um salto” – disse Renato Maurício Prado sobre a jogada em que Jorge Henrique sofreu falta de Sassá – “Eu daria (cartão) amarelo. Também não pode dizer que foi um absurdo (a expulsão)”, disse Renato Maurício Prado.

Veja o lance:

Crédito da Foto: Reprodução/Fox Sports