Real Madrid é campeão europeu pela 11ª vez

Real Madrid x Atlético de Madrid
Getty Images

O Real Madrid Club de Fútbol venceu sua 11ª Liga dos campeões da Europa, de novo contra o primo pobre de Madri, o Atlético. Em 2014, na prorrogação; agora nos pênaltis, depois do Atlético mandar um pênalti na trave no tempo normal e outra na disputa de tiros livres.

O Real teve chance matar a decisão no tempo normal, mas perdeu a oportunidade e o Atlético conseguiu o empate na sequência. Os dois times sentiram o cansaço de uma longa temporada na prorrogação. Diferente de 2014, o Real sentiu mais dessa vez.

Com todo respeito para quem gosta do Atlético de Madri (Atléti) e do estilo Simeone, os Deuses do Futebol evitaram que o Atlético vencesse. Já foi muito chegar na final eliminando dois favoritos ao título: Barcelona e Bayern de Munique. Atlético era o elefante que subiu na árvore sem ninguém saber como ele chegou lá. Ou melhor, com um futebol de destruir ao invés de construir.

O jogo foi fraco tecnicamente porque o Atlético quis até sair para o jogo, mas sem qualidade para isso. Não tinha cacoete de ataque, de propor o jogo. Ficou girando a bola sem saber construir jogadas e o Real não conseguiu encaixar contra-ataques. E, quando conseguia, falhava na conclusão.

Cristiano Ronaldo não fez nada o jogo todo. No fim, vai ficar marcado na história como o autor do gol do título e ele pediu para bater o último pênalti da primeira série. Terceira conquista do português em quatro finais de Liga dos Campeões: 2008 (venceu) e 2009 (perdeu) – Manchester United; 2014 (venceu) e 2016 (venceu) pelo Real Madrid.

Zinedine Zidane é outro que tem uma estrela grande. Cinco meses como técnico, o primeiro título já de campeão europeu. E por um ponto não tirou o título espanhol do Barcelona depois de um início muito ruim do time do Rafa Benítez, que foi demitido. O erro da diretoria do Real foi ter contratado Benítez.



Viciado em futebol nacional e internacional; gosta de Fórmula 1. Apaixonado por Copa do Mundo como quem gosta de futebol, não como torcedor, e interesso-me por outros esportes somente na Olimpíada. Textos opinativos e curiosidades do futebol. Tenho um blog sobre política (@brasildecide).