Rafael Nadal desiste de Roland Garros por causa de lesão no punho

Getty Images

Uma notícia bombástica surpreendeu a todos os fãs de tênis nesta sexta-feira. Nove vezes campeão de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal foi forçado a desistir do torneio francês devido a uma lesão no punho esquerdo. O número 5 do ranking jogaria contra o compatriota Marcel Granollers pela terceira rodada, porém comunicou, há pouco, os jornalistas sobre a difícil decisão em entrevista repentina.

“Eu tive que desistir de minha participação em Roland Garros por causa de um problema no meu punho, que vem me incomodando há algumas semanas. Isso piorou no decorrer dos dias”, afirmou o espanhol, que compareceu à sala de coletivas com proteção no punho.

“Fiz um exame de ressonância magnética. Não quebrei nada, mas se eu continuasse a jogar com certeza isso iria acontecer nos próximos dias”, acrescentou Nadal, que com o abandono abriu a chave para o sérvio Novak Djokovic, que poderia cruzar com o espanhol nas semifinais.

Ainda na entrevista, Rafa admitiu que os médicos do torneio o alertaram que, se continuasse jogando com a contusão, poderia romper o tendão do punho ou algum problema similar. Talvez o mais surpreendente é que, nas primeiras duas rodadas, o Touro Miúra avançou com muita autoridade, e sem aparentar dor dentro de quadra.

Mesmo com a desistência em 2016, Nadal tem retrospecto invejável de 72 vitórias e apenas três derrotas (agora contando com o W.O) em Roland Garros, onde ergueu o troféu em 2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.