Presidente do Flamengo ofende torcedor e discute ao vivo com jornalista; assista

Reprodução/Youtube

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, ‘perdeu a linha’ durante a vitória de 2 a 1 sobre a Ponte Preta, neste domingo, no Moisés Lucarelli. Incomodado com um torcedor que estava criticando a equipe a todo momento, o dirigente se levantou após o gol de Jorge, que marcou a virada dos cariocas, e fez gestos obscenos ao sujeito, do camarote do estádio. A cena foi flagrada pelas câmeras do Fox Sports e daí começou a confusão.

LEIA TAMBÉM:
De titular a nome do filho: Alex Muralha é ovacionado pela torcida do Flamengo na web

Torcedores do Flamengo se revoltam na Internet com gol mal anulado da Ponte; veja repercussão
Ponte Preta 1×2 Flamengo: assista aos gols do jogo

Tudo porque Bandeira de Mello foi entrevistado ao vivo pelo apresentador Luciano Calheiros, o qual condenou a postura do mandatário rubro-negro. “O senhor disse que você se comportou como torcedor. De fato, a imagem mostra que você se comportou como um torcedor de baixo nível”, começou o jornalista.

Veja o momento em que Bandeira faz gesto ao torcedor:

Eduardo Bandeira de Mello não gostou nada das palavras de Calheiros. “Eu não acho justo que você me chame de torcedor de baixo nível, eu jamais chamaria você de jornalista de baixo nível”, respondeu o presidente rubro-negro, que continuou.

“Eu tenho mais de 50 anos de arquibancada e sempre agi emocionalmente. Não vai ser agora que vai ser diferente […] Mas em 2019 eu vou deixar de ser presidente do Flamengo, vou poder voltar para a arquibancada e fazer o que eu quiser sem ser incomodado”, acrescentou o presidente, tirando o fone e abandonando a entrevista.

Assista à entrevista que deu o que falar:



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.