Pode isso! Segundo jornal, Guardiola teve forte discussão com fisioterapeutas do Bayern

Pep Guardiola
Foto: Divulgação/Site Oficial do Bayern de Munique

A eliminação do Bayern de Munique da Liga dos Campeões da UEFA deve tirar o brilho dos últimos dias de Pep Guardiola no comando da equipe alemã. E a frustração pela desclassificação perante o Atlético de Madrid pode ter causado consequências mais graves para o treinador espanhol.

LEIA MAIS

TREINADOR PORTUGUÊS É OFERECIDO AO CRUZEIRO, DIZ SITE

REPÓRTER ‘BRINCALHÃO’ DA ESPN REVELA QUE PIADAS JÁ LHE RENDERAM SUSPENSÕES

O jornal alemão Bild publicou que Guardiola e os fisioterapeutas do Bayern tiveram uma forte discussão após a partida contra o Atlético. Segundo a publicação, Guardiola, ao lado de seu auxiliar Manel Estiarte, reclamaram com o Departamento Médico do clube sobre o fato dos jogadores da equipe demorarem a se recuperar de lesões, citando o caso de Diego Godín, que conseguiu se recuperar de uma contusão no jogo de ida para estar à disposição de Diego Simeone para a partida de volta das semifinais da Champions.

A reclamação não teria sido bem digerida por um dos fisioterapeutas presentes, que respondeu a Guardiola afirmando que o time tinha todos os atletas que poderia à disposição para o jogo contra o Atlético. A discussão só não evoluiu para uma briga mais forte por intervenção de Franck Ribéry,

Em entrevista nesta sexta-feira (6), o técnico do Bayern reclamou de um ‘vazamento’ de notícias feito, segundo o espanhol, para ‘prejudicar o seu trabalho no clube’.

“Normalmente, o que acontece dentro do vestiário, fica no vestiário. Fazem isso para me causar dano e isso aconteceu muito ao longo destes três anos. Na próxima temporada, já não estarei mais aqui e essa pessoa talvez esteja. Mas ela ainda não percebeu que não ajuda ninguém e nem o clube. Geralmente, eu falo com os jogadores e departamentos e dou a minha opinião”, disse Guardiola segundo o Uol Esporte. 

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do Bayern de Munique)