Opinião: Uma vitória ‘suada’ e a prova de que é preciso contratar

Washington Alves/ LightPress

O Cruzeiro entrou em campo na noite desta quinta-feira (5) no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, contra o Campinense, e sofreu até o minuto final para conseguir avançar à próxima fase do torneio.

Leia mais

Cruzeiro x Campinense: Confira os gols da partida

Cenas fortes: Arrascaeta leva trombada, bate a cabeça e fica desacordado

O resultado, que por um lado foi bom e trouxe o próximo jogo da competição, por outro lado mostrou a fragilidade do elenco cruzeirense. O segundo gol da equipe nordestina evidenciou a falha que os defensores do Cruzeiro têm, o que pode ser um problema na sequência da Copa do Brasil e no Brasileirão, que começa para a Raposa no próximo dia 14, contra o Coritiba.

Em contrapartida, os atacantes do Cruzeiro tiveram uma noite melhor que os outros jogadores. Há algum tempo sem marcar mais que um gol na mesma partida, os atacantes conseguiram marcar três vezes, com belos gols.

Pensando em uma sequência de jogos nas duas competições, é preciso reforços para o time. Principalmente laterais e zagueiros, que ultimamente estão sempre em débito com a torcida.

O que ainda preocupou os cruzeirenses é que o Campinense jogou os dois jogos com um time misto porque priorizava campeonatos regionais. A dúvida que paira é que se o time não conseguiu ser totalmente superior ao time misto do Campinense, como reagirá ao enfrentar os “grandes” do Brasileirão?

Questionamentos que deveriam, inclusive, serem levados ao presidente e vice do Cruzeiro, já que a equipe, que precisa de reforços, ainda não tem nem mesmo o técnico para avaliar possíveis contratações. É preciso um planejamento, como aquele que ocorreu em 2012, para que possamos voltar a conquistar os títulos com os quais nos acostumamos.

Crédito da foto: Divulgação/ Washington Alves/ LightPress



Estudante de jornalismo no Uni-BH, futura jornalista esportiva e estagiária do jornal Hoje Em Dia. Torcedora do Maior de Minas.