Opinião: Kaká na Copa América é um desrespeito com Nenê, melhor meia do Brasil

Nene
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Apesar de muito criticado por muitos torcedores e jornalistas, particularmente nunca fui de “dar na goela” do Dunga. Acredito sempre que ele convoca os melhores e se o resultado não vem é culpa (também e principalmente) dos jogadores que não jogam com amor pela seleção. Mas o que aconteceu nesta quinta-feira não pode passar batido por mim. Kaká foi para a Copa América no lugar de Douglas Costa. Mas e o que o Nenê, do Vasco da Gama, vem fazendo até o momento não vale de nada?

LEIA MAIS
11 TORCEDORES DO VASCO QUE MITARAM NA WEB COM A ATUAÇÃO DE NENÊ
CRAQUE DO VASCO É O MAIOR GARÇOM DO BRASIL; VEJA O RANKING
 

Nenê é o melhor meia do Brasil no momento – e disparado. Não é porque ele está jogando na Série B do Brasileirão que isso não pode ser válido. Aliás, ele jogou MUITO no Brasileirão de 2015 e por pouco não se tornou herói do Cruz-Maltino ano passado e – Então não é só na Série B que ele tá se destacando.

Fora que se o Kaká não fosse, o Dunga ainda levaria Paulo Henrique Ganso que demorou QUATRO ANOS para jogar bem no São Paulo, já que ele estava na pré-lista da Copa América.

Mas jogador de Série B é convocado? Isso também é algo que não tem nada a ver. Recentemente, Jefferson atuou pelo Botafogo na mesma competição e foi levado pelo mesmo Dunga para alguns jogos do Brasil ano passado.

Atualmente não se ouve mais falar do Kaká. Ele já teve a oportunidade de ir outras vezes e foi cortado por lesão. Com um calendário exaustivo no Brasil, quando você viu Nenê ficar de fora de algum jogo do Vasco por lesão? Raras as vezes. E ele tem 34 ANOS. Experiência por experiência sou MIL vezes Nenê, atualmente.

O que o Kaká representa no futebol mundial isso não se discute, mas isso não faz a mínima diferença na seleção. Se representação de ídolos brasileiros levasse à a alguma coisa o Brasil não teria levado 7 a 1 com um tetra e um pentacampeão no banco.

Então aqui vai uma das poucas criticas que fiz ao Dunga. Mas esse foi um erro tão gritante que não pôde passar batido, ainda mais se tratando de Nenê, o melhor meia do Brasil.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.