Neto reconhece Palmeiras como campeão Mundial: “Tem que parar de ser clubista”

Foto: Reprodução

O ex-jogador corintiano Neto é um grande desafeto da torcida do palmeirense por suas polêmicas envolvendo o Verdão, mas nesta sexta-feira, durante o programa ‘Os donos da bola’, o apresentador fez questão de reconhecer o Palmeiras como 1º campeão Mundial, com título conquistado em 1951.

LEIA TAMBÉM:
Emocionante! Ouça a narração completa do Mundial do Palmeiras, conquistado em 1951

“O Palmeiras é o primeiro campeão Mundial, tem que parar de renegar a história. Tem que parar de ser clubista. A Fifa reconheceu o título e o próprio Palmeiras precisa valorizar mais sua história. É uma conquista do futebol brasileiro”, disse o apresentador.

Neto ainda explicou que o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, proibiu o programa de mostrar as imagens da taça. “Ele não é o dono do Palmeiras As pessoas precisam entender que não são maiores que o clube. Ele não representa 1% do que o Brandãozinho representa”, criticou.

Recentemente, em contato com o jornal Estadão, o novo reconhecimento do Palmeiras como campeão mundial foi dada por um porta-voz da Fifa, que enviou um texto onde declara que o Palmeiras detém o primeiro título mundial da história.

“A entidade que comanda o futebol mundial diz que na sua reunião realizada em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o comité executivo da Fifa concordou com o pedido apresentado pela CBF para reconhecer o torneio disputado em 1951 entre clubes europeus e sul-americanos como a primeira competição mundial de clubes”, dizia a nota.