Luto no futebol! Morre ídolo de Coritiba e Atlético-PR na década de 70

Divulgação/Site Oficial do Coritiba

O futebol brasileiro e paranaense está de luto. O ex-atacante Zé Roberto, ídolo das equipes de Coritiba e Atlético-PR, faleceu na manhã de sábado (7), na cidade de Serra Negra (SP), por complicações relativas a uma úlcera. O ex-jogador tinha 70 anos de idade.

LEIA MAIS

Renato Augusto lidera lista de dívidas de ex-corintianos. Veja a lista!

Confira TODOS os resultados da rodada final da SkyBet Championship

O ex-jogador havia passado recentemente por uma cirurgia, segundo o Uol EsporteZé Roberto estava internado há uma semana por causa de fortes dores abdominais. Apesar da operação, o atleta não conseguiu resistir aos problemas conectados com a úlcera.

Zé Roberto, ou José Roberto Marques, começou sua carreira na base do Botafogo-SP, se profissionalizando no São Paulo. O atacante defendeu os dois principais rivais do futebol paranaense, Coritiba e Atlético-PR, além de passagens pelo Corinthians e Guarani e Seleção Brasileira Olímpica, atuando nos Jogos de Tóquio-1964.

Pelo Coxa, foram 72 gols em 146 jogos, de acordo com números do site oficial do clube, pelo qual atuou entre os anos de 1971 e 74, conquistando três títulos do Campeonato Paranaense (1971/72/73) e do Torneio do Povo (competição de pré-temporada entre os times de maior torcida do país), em 1973;

No Atlético, teve duas passagens, a primeira em 1968 e a segunda no ano de 1977. Foi em sua primeira passagem que se destacou com a camisa do Furacão, conquistando a artilharia do Estadual daquele ano. Pelo Corinthians, teve como auge um dérbi contra o Palmeiras, em 1974, no qual marcou três gols em cima do Verdão.

Além dos gols, Zé Roberto foi reconhecido pela personalidade polêmica e rebelde e por frequentar bares e boates durante sua carreira, o que prejudicou o seu futebol em seus anos finais de carreira e causaria sua aposentadoria.

O ex-atacante deixou três filhos, dois netos e dois bisnetos. A família não informou sobre o velório e o enterro de Zé Roberto.

 

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do Coritiba)