Mayweather x McGregor: Pai do pugilista afirma que existem conversas para luta de boxe

Crédito da foto: Reprodução/Facebook/Conor McGregor
Crédito da foto: Reprodução/Facebook/Conor McGregor

Recém-aposentado, Floyd Mayweather pode voltar aos ringues em breve e contra um adversário que quase ninguém esperava. De acordo com o pai do norte-americano, o filho negocia um combate de boxe contra o lutador de MMA Conor McGregor, atual campeão peso pena do UFC.

“Ele me disse outro dia que vai pegar outra luta. Me falou que é contra algum lutador de MMA”, afirmou o pai de Mayweather em entrevista ao EsNews.

Após ser questionado, ele confirmou que se tratava de McGregor e disse: “Nós não ligamos para esse cara. Vamos bater pra caramba nele. Eu não o vi lutar, mas é só dar uma olhada nele, e tenho certeza de que meu filho pode acabar com ele. Ele está morto. É um cara morto. Eu não sei ainda quando será. Mas talvez até o fim do ano, não vai demorar. Floyd parou de treinar, precisa voltar ao trabalho tudo de novo, ainda precisa de um tempo para isso”.

Na última sexta-feira, o tabloide The Sun publicou uma matéria dando detalhes de uma possível luta entre os atletas. Floyd Mayweather faturaria US$ 145 milhões (cerca de R$ 507 milhões) e McGregor ganharia US$ 7 milhões (cerca de R$ 24,5 milhões). O combate seria feito em um peso combinado, sendo que o irlandês deveria perder 25 de libras (mais ou menos 11kg) de seu peso atual. As conversas teriam acontecido no último dia 2 de maio.

Veja também: 

Como assim? Segundo jornal, luta entre Mcgregor e Mayweather pode acontecer

Combate pelo título dos meio-pesados será a luta principal do UFC 200

Nas redes sociais, Mcgregor diz que quer ‘brincar’ em revanche com Nate Diaz

Segundo Dana White, presidente do UFC, as negociações de um possível duelo entre Mayweather e McGregor são falsas: “Isso não é verdade, é história de tabloide. Pelo que sei, Floyd está aposentado, viajando o mundo de férias e não está pensando em lutar”, disse o dirigente em entrevista ao Yahoo Sports.



Jornalista e apaixonado por esporte desde sempre. Músico e baterista nas horas vagas.