Invicto? Andy Murray despacha favorito e chega a decisão em Madri

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook Mutua Madrid Open

Quando o tenista Andy Murray entrou hoje em quadra para a disputa da semifinal do Masters 1000 de Madri, seu adversário estava invicto há 13 partidas e acabara de conquistar dois títulos. Barcelona e Monte Carlo. Por si só já era uma campanha a se respeitar. Para piorar, o tal oponente era simplesmente Rafael Nadal. Pois é, agora pergunta se o britânico se preocupou com isso. Que nada.

LEIA MAIS:

BRASILEIROS MARCELO ZORMANN E JOÃO SORGI COMEMORAM TÍTULO NA ARGENTINA

Bastou 2h11 para Murray quebrar a invencibilidade de Nadal e derrotá-lo por 2 sets 0, parciais de 7/5 e 6/4. Além disso, garantiu vaga na decisão do torneio espanhol e agora, ficará no aguardo do confronto entre o sérvio Novak Djokovic e o japonês Kei Nishikori.

Apesar do excelente momento atual e contando com praticamente todo o apoio vindo das arquibancadas, o jogo começou igual para ambos. Erros dos dois lados e uma dificuldade grande para confirmar o serviço. Somente no quarto game, Nadal não resistiu a quebra e logo na sequência, Murray confirmou o seu, abrindo uma diferença de 4/1.

O “Touro Miúra” não desistiu e aos poucos foi encostando no placar com duas quebras a seu favor e assim, chegou ao empate em 5/5. No entanto, Nadal voltou a cometer erros e, o atual campeão, Murray, aproveitou e fechou a primeira parcial com um 7/5.

No segundo set, o equilíbrio foi grande, com boas bolas trocadas e pontos longos. A diferença é que, Murray levava a melhor com mais tranquilidade e precisão que Nadal. Foi justamente estas características que o levaram para a final. O britânico abriu vantagem nos momentos decisivos com um 5/3 e caminhava tranquilamente para vencer. Só que do outro lado, era impossível imaginar tanta facilidade. Foi a vez de Andy Murray falhar desperdiçando um match point, o que resultou na quebra.

A torcida inflamou acreditando na virada do espanhol. Porém, não era dia de Nadal que, novamente falhou e entregou a vitória de bandeja ao errar uma smash fácil que ficou na rede.