Faixas de cunho político são vistas na arquibancada do Beira-Rio durante final

Reprodução/TV

Teve gols, teve festa, teve título e também teve protesto político. O domingo vivido no estádio Beira-Rio foi repleto de emoções. A começar pela conquista do hexacampeonato estadual gaúcho após a vitória colorada por 3×0 sobre o Juventude. Os gols foram marcados por Sasha, Paulão e Gustavo Ferrareis. Durante o jogo, foram vistas na arquibancada do estádio faixas com mensagens de cunho político.

LEIA MAIS:

Técnico do Juventude ironiza árbitros: “Que marquem um churrasco para se entenderem”

Após título gaúcho, técnico Argel relembra: “Não éramos os favoritos”

Uma delas dizia “Temer jamais”, em uma alusão ao possível governo do peemedebista e vice-presidente da República, Michel Temer, em caso da aprovação do impeachment de Dilma Rousseff, que ainda tramita no Senado Federal. Na próxima quarta-feira, ocorre a votação no plenário da Casa a votação do impedimento da sucessora de Lula.

A outra faixa continha apenas a palavra “Golpe”, com o símbolo da Rede Globo dentro da letra “o”. Curiosamente, a Globo, por meio de sua afiliada no Rio Grande do Sul RBSTV, é quem detém os direitos de transmissão do Campeonato Gaúcho e fazia normalmente a transmissão do jogo.

As duas faixas, na foto, estão no centro da arquibancada inferior do lado oposto das áreas dos treinadores e casamatas. Em um outro momentos, ambas foram erguidas próximo à torcida Guarda Popular, que fica atrás de um dos gols. Outras torcidas pelo Brasil também fizeram protestos desta natureza, tais como a do Santa Cruz, do Bahia e do Paysandu.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.