Pelas estatísticas, Palmeiras é favorito para o clássico contra o São Paulo

Palmeiras é favorito, segundo estatísticas
Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Palmeiras

São Paulo e Palmeiras se enfrentam neste domingo (28) no Morumbi, onde o alviverde não vence há 14 anos. Mesmo assim, as estatísticas do site especializado Footstats mostram que o Palmeiras é favorito para a partida e pode quebrar o jejum.

LEIA MAIS:
SÃO PAULO X PALMEIRAS: VERDÃO DEVE TER CINCO DESFALQUES
BAUZA VÊ CALLERI COM POUCAS CHANCES DE JOGAR CHOQUE-REI

Passes certos
O Palmeiras é a quinta equipe que mais acerta passes. São 1177 na atual edição do Brasileirão, 335 a mais que os 842 do São Paulo.

Passes errados
O alviverde não só acerta mais passes, mas também erra menos. Foram 124 até agora, enquanto que o Tricolor errou 129.

Passes para finalizações
O Palmeiras é o quinto time que mais tenta fazer passes para chutes. Foram 30 contra 28 do São Paulo. No entanto, o aproveitamento alviverde foi seis vezes melhor que o do emblema do Morumbi. Seis desses passes resultaram em gol, enquanto que o São Paulo conseguiu fazer apenas uma assistência que terminou em gol.

Finalizações certas

O Palmeiras é, a par do Atlético-MG, o time que mais acertou finalizações. Foram 19, uma a mais que o adversário deste domingo.

Finalizações erradas

Em termos de erros na hora de finalizar, há empate. 19 para cada lado.

Ataque
Após três rodadas, o Palmeiras tem o segundo melhor ataque da competição com sete gols, três a menos que o líder Santa Cruz e mais do dobro que o São Paulo, que marcou apenas três gols.

Defesa
Cuca soube organizar a defesa palmeirense e o time tem a terceira zaga menos vazada, com apenas dois gols sofridos. O São Paulo sofreu um a mais que o Palmeiras.

Cruzamentos
O Palmeiras efetuou 90 cruzamentos até o fim da terceira rodada, mas acertou apenas 22 deles, ou seja, 24%. O São Paulo leva vantagem nesta estatística. Apesar de ter cruzado menos (63 vezes), acertou em 18 ocasiões, equivalente a 28% das tentativas.

Desarmes
O Palmeiras é o terceiro time que melhor desarma no Brasileirão. Foram 60 roubos de bola, sendo que 11 deles foram feitos por Egídio (5º na estatística geral) e nove por Matheus Sales. O Palmeiras errou apenas seis desarmes. Já o São Paulo tem 48 desarmes efetuados e oito errados.

Faltas
O Palmeiras comete mais faltas que o Tricolor. Foram 50 até agora e seis delas resultaram em cartão amarelo. No entanto, apesar de o São Paulo ter feito menos faltas (33), os jogadores do Tricolor receberam cartão amarelo em um terço delas.

Jogador que mais sofre faltas

Gabriel Jesus é o jogador que mais sofreu com a marcação adversária no Brasileirão. Foram 17 faltas contra ele, sete a mais que o atacante Élber, do Cruzeiro. Do lado do São Paulo, os jogadores mais visados são Kelvin e Centurión, ambos com seis faltas sofridas.

Dribles
Gabriel Jesus é o segundo neste quesito em todo o campeonato. Executou sete dribles e errou apenas um. No São Paulo, Centurión foi o que mais passou driblando pelos seus oponentes (4).

Perda de posse de bola
O alviverde foi o time que menos perdeu a posse de bola nesta edição do Brasileirão. Isso aconteceu em 92 ocasiões, 27 a menos que o São Paulo. Centurión perdeu a bola 23 vezes, enquanto que Gabriel Jesus a perdeu 19 vezes.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Palmeiras