De 1 a 11: o melhor Chelsea que eu vi jogar

Frank Lampard e John Terry
Foto: Reprodução/ Facebook oficial de Frank Lampard

Nasci em 1994 e confesso que, para mim, não foi tão difícil começar a torcer pelo Chelsea. Quando comecei a acompanhar o futebol europeu com maior atenção, o clube londrino se sagrava bicampeão inglês e começava a se agigantar no cenário esportivo do Velho Continente.

LEIA MAIS:
TERRY COMPLETA 700 JOGOS PELO CHELSEA E RELEMBRA CINCO MOMENTOS EM REDE SOCIAL DO CLUBE
ÍDOLOS DO CHELSEA, LAMPARD E DROGBA SE REENCONTRAM EM DUELO NA MLS; ASSISTA

O período em que comecei a acompanhar os Blues foi justamente após o bilionário russo Roman Abramovich comprar o clube e investir seu dinheiro para montar um grande elenco. Com isso, pude ver muitos craques vestindo a camisa azul durante esses mais de dez anos.

Pensando nisso, o Torcedores.com faz um especial com o melhor time que cada colaborador já viu seu time do coração jogar. De 1 a 11, o meu melhor Chelsea é esse:

Petr Cech: veio do Rennes, da França, desconhecido e saiu dos azuis londrinos idolatrado. Nem o fato de ter ido para o rival Arsenal torna o goleiro menos prestigiado pela torcida. Um monstro.

Branislav Ivanovic: veio para ser reserva da dupla de zaga e acabou se consolidando (e muito bem) na lateral direita. Apesar do mau desempenho na última temporada, é peça fundamental no clube há muitos anos.

John Terry: não é necessária tanta explicação para o capitão de todo esse período vitorioso. Ícone da principal geração dos Blues, merece o nosso respeito eterno. Que bom que continua por mais uma temporada.

Ricardo Carvalho: ao lado do Xerife, fez a melhor dupla de zaga de uma Premier League até hoje. Raça nunca faltou ao português, que deixou saudades ao partir de Stamford Bridge. Nunca me esqueço de seu gol nos 3 a 0 sobre o United que nos deu o bi inglês.

Ashley Cole: um dos melhores do mundo em sua posição. Sempre muito eficiente, chegou para ocupar uma posição que ainda não tinha um verdadeiro dono. Mais ídolo ainda por ter vindo do rival Arsenal.

Michael Essien: que homem! Se não fosse tão atrapalhado pelas lesões, ainda teria nos dado muito mais alegrias na volância. Em muitas ocasiões, também atuou na lateral direita. Independente da posição, nunca faltou dedicação por parte do ganês.

Frank Lampard: é o meu maior ídolo no futebol. Simples assim. O maior artilheiro da história do Chelsea não é um atacante. Se o clube não o quis por mais tempo, azar o nosso. Profissionalismo, amor ao clube, dedicação ao extremo e muita, mas muita categoria: esse é o Super Frankie.

Joe Cole: outro que também sofreu com algumas lesões, mas também nos deu muitas alegrias. Com técnica apurada, o meia inglês veio do West Ham para ser tricampeão inglês. Também merecia ter ganho a Champions.

Michael Ballack: pode não ter sido o mesmo jogador que veio do Bayern de Munique, mas como era elegante o alemão com a bola nos pés. Como um verdadeiro atleta alemão, sabia se impor dentro das quatro linhas.

Eden Hazard: esqueçamos essa última temporada para falar do belga. O que ele jogou em 2014/2015 o credencia a estar nesta lista. Muito talento, uma agilidade que impressiona e uma categoria que vejo em poucos me faz acreditar que ele tem tudo para voltar a nos dar alegrias.

Didier Drogba: monstro sagrado. Tinha que ser ele o autor do gol mais importante da história dos Blues. Técnica, força, disciplina e muita, mas muita bola na rede. Junto com Terry e Lampard, forma o trio de ídolos eternos do clube.

Dessa forma, mesmo com tantos craques “deixados de lado”, o melhor Chelsea que eu vi jogar é formado por: Cech; Ivanovic, Terry, Ricardo Carvalho e Ashley Cole; Essien, Lampard, Joe Cole, Ballack e Hazard; Drogba.

E o seu time, blue? Qual é o melhor Chelsea que você já viu jogar?



Jornalista formado pelo Mackenzie (SP) e pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Multimídias pela Anhembi Morumbi (SP). Apaixonado por esportes desde 1994. Especialista de Santos e Futebol Inglês no Torcedores.com. Contato: fernando.amaral.pba@hotmail.com